Buscas relacionadas:

Banco de capacitor

O banco de capacitor é um sistema que permite realizar a correção do fator de potência e a compensação do uso de energia reativa. Essas funções geram uma maior eficiência energética para as instalações elétricas e para os equipamentos abastecidos por ela. Para saber mais sobre o funcionamento e os tipos existentes, confira os tópicos abaixo! 

  • O que é e para que serve o banco de capacitor?
  • Como o banco de capacitor corrige o fator de potência?
  • Principais tipos de banco de capacitor
  • O que saber antes de instalar o banco de capacitor?

O que é e para que serve o banco de capacitor?

O banco de capacitor é uma instalação elétrica muito popular, visto que serve para corrigir o fator potência, bem como compensar o uso de energia reativa. 

Para entender melhor, o primeiro passo é saber que o “fator de potência” é uma medida da eficiência energética muito popular. 

Ela é determinada pela razão entre a potência ativa (que realiza trabalho) e a potência aparente (carga total que é disponibilizada pela concessionária). 

Respectivamente, elas são medidas em watts (W) e volt-amperes (VA), geralmente acompanhadas pelo submúltiplo quilo (k).

Ainda existe a potência reativa, que trata da energia distribuída pela empresa, mas que não é utilizada para gerar trabalho, definida em VAr (volt-ampere reativo). 

Embora não realize funções diretas, a energia reativa costuma ser utilizada por equipamentos como motores elétricos, transformadores e lâmpadas fluorescentes para gerar campos eletromagnéticos, que irão permitir seu acionamento. 

Com o banco de capacitores, o uso da energia advinda das concessionárias é melhor aproveitado, evitando que sejam gastos valores significativos com abastecimentos que não geram trabalhos para a bancada de capacitores

Outras causas do baixo fator de potência

Além do uso para criar campos magnéticos, o baixo fator de potência pode ser gerado por outras causas, devendo a escolha do banco de capacitores ser feita a partir da identificação do problema. 

Por exemplo, a má seleção e dimensionamento dos equipamentos podem fazer com que eles operem com baixas cargas, gerando um maior consumo de energia reativa do que o necessário para uma . 

Instalações de cargas variáveis, ou seja, aquelas que possuem um consumo de energia que varia ao longo do tempo, seja por tempo ou carga de trabalho, também geram gastos significativos. 

Esse problema pode ser diminuído com o uso do banco de capacitor, que atua para melhorar a eficiência energética dos maquinários nesses casos. 

Outros fatores que podem influenciar na relação são o comprimento excessivo de cabos e fios elétricos, condições climáticas e problemas com o transformador. 

Por essas razões, é importante sempre ter muito cuidado ao escolher o banco de capacitores, bem como manter sua manutenção sempre em dia. 

Como o banco de capacitor corrige o fator de potência?

O processo realizado pelo banco de capacitor para fazer a correção do fator de potência é bem simples. 

Basicamente, o sistema oferece carga capacitiva, que gera campos elétricos e serve como um tipo de compensação para a energia reativa.

Assim, os equipamentos podem continuar funcionando sem que haja gastos desnecessários do que é oferecido pela distribuidora de energia. 

É essencial lembrar que a correção do fator de potência não é opcional, mas sim obrigatória, visto que a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) estabelece que a razão mínima entre o que é distribuído e o utilizado em trabalho deve ser de 0,92. 

Vantagens de corrigir o fator de potência

Há muitas vantagens em corrigir o fator de potência, uma vez que ele faz relação entre energia entregue pela distribuidora e a transformada em trabalho.

Quando os índices estão abaixo do que é estabelecido pelos órgãos vigentes, significa que uma quantidade significativa de eletricidade está sendo desperdiçada.

Com o uso do banco de capacitores, o cliente é capaz de diminuir os custos com energia, pois irá aproveitar melhor o que recebe. 

Além de economizar o consumo, a instalação ainda evita gastos extras com multas ou tarifas cobradas pelas concessionárias por erros no fator de potência. 

Uma outra vantagem do uso do banco de capacitor é o fato que ele é capaz de assegurar um aumento na eficiência energética do sistema, bem como a melhoria da tensão. 

A partir desses dois benefícios, é possível conquistar mais segurança para as distribuições, prolongando a vida útil do sistema e de todos os equipamentos abastecidos. 

Principais tipos de banco de capacitor

O banco de capacitor assegura diversas vantagens a curtos, médios e longos prazos, mas apenas quando ele é adquirido na versão certa. 

O sistema costuma ser comercializado em três tipos principais, que serão destacados nos subtópicos abaixo! 

Banco de capacitor fixo

Esse modelo de banco de capacitores é o mais comum e barato do mercado, sendo projetado para atuar em sistemas que a carga capacitiva adicionada é sempre fixa. 

A instalação não conta com sistemas de controle para desligamento, fazendo com que seja necessário muito cuidado para dimensioná-lo. 

Banco de capacitor semiautomático

Também conhecido como programável, o banco de capacitores semi-automáticos costuma ser utilizado em locais que atuam com cargas de baixa variação de potência. 

Esse sistema conta com um tipo de relógio programado manualmente, que irá ajustar o banco de capacitor para ligar e desligar em horários pré-estabelecidos. 

Com relação ao período de funcionamento, o sistema costuma ativar no horário indutivo, que vai das 6h30 à 0h30, e desligar no horário capacitivo, das 0h30 às 6h30, definidos pelas próprias redes de distribuição.  

Banco de capacitor automático

Esse modelo de banco de capacitores é ajustado para fornecer uma correção do fator de potência de forma automática. 

Para isso, ele conta com um controlador automático, que monitora a demanda de carga e liga ou desliga o sistema em caso de necessidade.

Assim como o dispositivo diferencial residual deve ser escolhido de acordo com as necessidades do sistema elétrico, o banco de capacitor também. 

Por isso, é muito importante tomar cuidado no momento de realizar a definição, contando com a ajuda de profissionais para assegurar uma correção de fator de potência eficiente e segura.

O que saber antes de instalar o banco de capacitor?

O processo de instalação do banco de capacitor requer muita atenção, principalmente considerando que o sistema pode ser dimensionado para atender desde residências até grandes indústrias.

O banco de capacitores pode ser disposto em diferentes locais, como nas subestações de entrada de energia, bem como em máquinas (geradores, transformadores, entre outros) ou no quadro de distribuição

Quando disposto para atuar junto com o painel de comando para gerador ou de outros equipamentos industriais, o sistema ainda assegura a redução de perdas energéticas, que poderiam comprometer os funcionamentos. 

É importante citar que a instalação só poderá ser feita por profissionais especializados, que contam com treinamento e as devidas ferramentas para o serviço. 

Eles também serão responsáveis por ajudar na definição do melhor sistema para controle do fator de potência, o que inclui a análise de: 

  • Quantidade de transformadores;
  • Tensão da rede;
  • Regime de consumo energético;
  • Demanda reativa (kVar). 

O banco capacitor deve ser disposto em um lugar seguro e acessível, sendo protegido de agentes externos ao mesmo tempo que ficará em um local fácil para operação, inspeção e manutenção. 

Os bancos capacitores também precisam ser testados logo após a instalação, a fim de assegurar que ele está funcionando corretamente. 

É importante lembrar que os cuidados com as instalações quando se trata de um banco capacitor não terminam depois de realizar a disposição dos componentes do sistema. 

Isso porque os processos periódicos de checagem, como a termografia em painéis elétricos e a leitura de tensão e corrente, são essenciais para prolongar a vida útil da instalação. 

Quer saber mais informações sobre o banco de capacitor e todos os seus benefícios nos sistemas elétricos? Entre em contato com um dos parceiros do Soluções Industriais e tire todas as suas dúvidas! Ou, se preferir, leia o conteúdo que disponibilizamos para você no final da página!

Ver maisVer menos

Banco de capacitor

O banco de capacitor é um sistema que permite realizar com eficiência a correção do fator de potência, gerando economia de energia e redução de multas por desperdício. 

O cliente que deseja contar com um abastecimento correto e eficiente da eletricidade também pode solicitar a instalação de outros sistemas, como o quadro de distribuição

Ficou interessado nos produtos e quer saber onde realizar um negócio assertivo e com ótima relação custo-benefício? Solicite um orçamento com um dos parceiros do Soluções Industriais e conheça o que existe de melhor no segmento!

Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação