Buscas relacionadas:

Lixeiras de reciclagem

As lixeiras de reciclagem promovem uma maior facilidade para realizar a separação e destinação dos resíduos gerados em áreas domésticas, comerciais, empresariais, industriais e hospitalares. O uso do produto está diretamente relacionado com a sustentabilidade, que implica em métodos verdes de conseguir reutilizar itens. Saiba mais sobre o assunto navegando pelos tópicos abaixo!

  • O que é a coleta seletiva?
  • A importância da reciclagem e suas vantagens
  • O que significa cada cor das lixeiras de reciclagem
  • E o que significam os símbolos da reciclagem?
  • Materiais recicláveis e não recicláveis
  • Qual a história por trás das cores da reciclagem?
  • Reciclagem e compostagem
  • Cuidados na hora da limpeza da lixeira 

O que é a coleta seletiva?

A coleta seletiva é a separação adequada do lixo, proporcionando o direcionamento dos resíduos de acordo com a sua composição.

Assim, os restos de alimentos, conhecidos como lixo orgânico, metais, papéis, plásticos e vidros são descartados considerando sua formulação.

Além disso, é preciso verificar os resíduos não orgânicos, que são tipos de materiais que não podem ser reciclados e devem ser descartados em locais específicos. 

A maioria das empresas de coleta seletiva garantem que esses resíduos possam ser reutilizados da maneira correta e os que não podem são encaminhados para o descarte adequado. 

Em suma, essa é uma forma de fazer com que a reciclagem seja feita priorizando cada material utilizado, a fim de evitar que eles acabem parando inadequadamente na natureza, o que pode causar contaminação de solo.

Não só isso, o processo ajuda a diminuir o que é destinado para aterros sanitários e lixões, algo fundamental para evitar mau cheiro excessivo e a proliferação de insetos e roedores nas proximidades. 

Para que tudo isso seja possível, o ideal é contar com lixeiras de reciclagem, que irão permitir a divisão rápida e fácil dos resíduos. 

A importância da reciclagem e suas vantagens

Para entender a importância da reciclagem, o primeiro passo é saber que existem alguns materiais que podem levar anos para serem totalmente decompostos pela natureza.

Durante o processo de decomposição, eles liberam gases tóxicos, prejudicando o solo, o ar, a água e, consequentemente, comprometendo parte da vida animal e vegetal daquele espaço. 

Por exemplo, materiais que chegam até os oceanos podem comprometer espécies marinhas e causar um “buraco” na fauna aquática.

Isso implica em um desequilíbrio natural e proporciona impactos naturais diversos, desde o aumento de uma espécie até a inabitação de um espaço marinho. 

Não só isso, como já citado, o lixo descartado em lixões e aterros pode proliferar insetos e roedores, que podem transmitir muitas doenças.

Por isso, a coleta seletiva, com o auxílio de lixeiras recicláveis, garante uma proteção de ponta a ponta no ecossistema. 

A partir da lixeira reciclável, é possível garantir que todo direcionamento possa ser feito nos locais corretos, bem como por coletores de lixo reciclável específicos. 

Como vantagem, a reciclagem proporciona um ambiente mais limpo, onde a poluição não chega e, assim, evita:

  • Enchentes;
  • Infertilidade do solo;
  • Desequilíbrio natural;
  • Danos à saúde dos seres humanos;
  • Danos à fauna e flora de ambientes naturais.

Por isso, fazer uso de lixeiras de reciclagem é um dos melhores métodos de conseguir realizar uma boa coleta seletiva e proteger o meio ambiente..

O que significa cada cor das lixeiras de reciclagem

As lixeiras de reciclagem possuem cores específicas para fazer a coleta seletiva, permitindo que o processo de separação do lixo seja facilitado. 

Assim, antes de colocar o resíduo na lixeira reciclável, é importante conferir o que cada uma dessas cores significa. 

Além das lixeiras recicláveis tradicionais, como a verde, a azul, a amarelo, a vermelho e a marrom, que são vistas com frequência em parques, escolas, condomínios, áreas públicas, entre outros ambientes, existem várias outras versões.  

São elas:

  • Preto;
  • Branco;
  • Laranja;
  • Roxo;
  • Cinza.

Nos subtópicos a seguir, serão especificadas informações sobre o assunto, ou seja, terão detalhes sobre o lixo reciclável cores e significados, que influenciam diretamente no processo de separação do lixo. 

Verde

As lixeiras de reciclagem verdes tem o recolhimento de vidros. Ou seja, garrafas de perfume, embalagens de conserva, frascos, jarros de vidro e outros produtos desse tipo de material.

Azul

As lixeiras recicláveis azuis são destinadas a papéis e papelão, como jornais, caixas de papelão, embalagens longa-vida, impressos em geral e revistas. 

É importante citar que papel higiênico e guardanapos usados não se enquadram nessa categoria, devendo ser colocados em outra lata de lixo reciclável. 

Amarelo

Metais em geral são direcionados para a lixeira reciclável amarela, como latas de cerveja e refrigerantes, esquadrias, molduras de quadros, entre outros.

Vermelho

As lixeiras de reciclagem vermelhas são utilizadas para qualquer componente de plástico, como garrafas, embalagens em geral, potes de creme de cabelo, tubos e canos, brinquedos, sacos, sacolas, saquinhos de leite, entre outros.

Marrom

A lixeira reciclável marrom é destinada para resíduos orgânicos, como restos de alimentos, cascas de frutas e afins. 

Preto

A lata de lixo reciclável preta tem como função o armazenamento de madeiras, que normalmente são de pequeno ou médio porte, como pallets, caixotes, galhos, entre outros.   principalmente de materiais menores.

Branco

As lixeiras de reciclagem brancas são destinadas para resíduos ambulatoriais, laboratoriais e dos serviços de saúde em geral, como luvas, toucas, aventais e outros itens desse meio.

Laranja

A lixeira reciclável laranja é direcionada ao recolhimento de resíduos perigosos, ou seja, que oferecem algum tipo de risco à saúde pública ou meio ambiente, como itens cancerígenos, corrosivos, tóxicos ou patogênicos. 

Roxo

As lixeiras recicláveis roxas fazem o armazenamento de resíduos radioativos em geral, sendo obrigatórias em algumas usinas de geração de energia. 

Cinza

Essa lixeira reciclável é utilizada para tipos de materiais específicos que não podem ser reciclados ou misturados. 

Geralmente, tratam-se de contaminantes não passíveis de reciclagem, como guardanapos e papel-toalha. 

Ainda sobre as latas que permitem a reciclagem de resíduos, é importante citar que também existem opções para bitucas de cigarro. 

Normalmente, a lixeira cinzeiro e as bituqueiras não apenas permitem separar o resto do cilindro, mas também protege a área dos odores emitidos por ele. 

Vale citar que todos esses tipos de lixeiras recicláveis garantem que praticamente todos resíduos possam ser separados de acordo com a sua destinação.

Dessa maneira, é um excelente meio de garantir que eles não entrem em contato com a natureza de uma maneira destrutiva e possam ser reciclados, ou não, da forma correta. 

Diante disso, ter esse conhecimento é uma forma mais propícia de colaborar com a reciclagem e garantir que o lixo possa ser destinado da melhor maneira possível. 

E o que significam os símbolos da reciclagem?

Além dos tipos, é preciso compreender também os símbolos que estão por trás de cada lixeira reciclável. 

Embora eles sejam muito parecidos, algumas latas de plástico, papel, metal, entre outras, costumam ter especificações de acordo com a composição do produto. 

Por exemplo, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) decidiu fazer a padronização dos plásticos a partir da identificação de resinas plásticas. Sendo elas: 

  • Número 1: PET (Polietileno tereftalato);
  • Número 2: PEAD (Polietileno de alta densidade);
  • Número 3: PVC (Policloreto de vinila);
  • Número 4: PEBD (Polietileno de baixa densidade);
  • Número 5: PP (Polipropileno);
  • Número 6: PS (Poliestireno);
  • Número 7: Outros (compostos por policarbonato, ABS, poliamida e acrílicos).

Não só isso, também existem símbolos especiais para alumínio, aço, vidro, resíduos comuns, materiais de longa vida e grande durabilidade, dentre outros. 

Materiais recicláveis e não recicláveis

Para realizar a coleta seletiva, é necessário também compreender o que pode ou não descartar nas  lixeiras de reciclagem.

Como já citado, vários tipos de materiais podem ser divididos, como folhas de papel, latas, garrafas PETs, dentre outros. 

Todavia, também existem produtos que não podem ser reciclados, mas que ainda assim podem ser destinados para locais específicos, como:

  • Cristais;
  • Lâmpadas;
  • Cerâmicas;
  • Fraldas descartáveis;
  • Adesivos;
  • Embalagens com lâminas metalizadas;
  • Papel higiênico usado;
  • Fotografias;
  • Papel carbono;
  • Guardanapos;
  • Esponjas de aço;
  • Chips;
  • Latas de tintas; 
  • Entre outros materiais.

Por não poderem ser reciclados, a maioria dos produtos da lista são incinerados, evitando contaminar a natureza diretamente.

Essa incineração é feita de maneira controlada, ou seja, é feita em um local específico, com purificadores de ar e de resíduos dessa queima.

Entender tudo isso é uma forma prática de garantir que os resíduos colocados nas lixeiras de reciclagem e até mesmo os que não podem ser reciclados possam ter um direcionamento correto.

Agora que você já conhece mais sobre a lixeira reciclável, veja aqui todas as ofertas que o Soluções Industriais separou para você!

Ver maisVer menos

Lixeiras de reciclagem

Qual a história por trás das cores da reciclagem?

O lixo reciclável cores e significados tem uma origem incerta, não se sabe exatamente sobre o seu surgimento.

Ainda assim, acredita-se que as cores das lixeiras de reciclagem surgiram na Europa, como uma forma de facilitar a identificação dos lixos pelos caminhões. 

As cores da reciclagem facilitavam o recolhimento de resíduos específicos, garantindo que os coletores de lixo reciclável pudessem, e possam, realizar a coleta seletiva de forma fácil. 

Além disso, as cores da reciclagem fazem com que o lixo não reciclável tivesse um direcionamento diferente. 

Por isso, o sistema de cores da reciclagem no Brasil foi feito a partir da Resolução nº 275, de 2001, pelo Conama (conselho nacional do meio ambiente).

Reciclagem e compostagem

O lixo reciclável e orgânico está ligado, também, diretamente com a compostagem, que é um processo que utiliza materiais orgânicos para fazer a adubagem do solo.

Por isso, parte do lixo orgânico é utilizado para compostagem de solos, seja de maneira caseira ou de grande escala, é uma alternativa de conseguir reutilizar os materiais orgânicos que podem ser reciclados.

Cascas de ovos, cascas de frutas, caules de verduras e frutas, restos de alimentos e outros tipos materiais orgânicos podem ser utilizados.

É importante frisar que lixo orgânico e reciclável geralmente é retirado a partir do lixo doméstico, por isso que a sua separação é indispensável.

Cuidados na hora da limpeza da lixeira 

Existem alguns cuidados básicos na hora de fazer a limpeza de lata de lixo reciclável para evitar qualquer dano a elas.

É recomendado que seja feita a limpeza de tempos em tempos, pois parte dos resíduos descartados podem gerar líquidos, que sujam a estrutura das lixeiras de reciclagem.

Por isso, utilizar produtos específicos para esse tipo de limpeza é indispensável, como desinfetantes e outros componentes que vão retirar o odor do lixo.

Além disso, fazer uso de luvas durante a limpeza é essencial, principalmente devido aos materiais de limpeza utilizados.

Agora que você conhece mais sobre lixeira reciclável, entre em contato já com os parceiros do Soluções Industriais e solicite já o seu orçamento para garantir as melhores lixeiras recicláveis com os melhores fornecedores do mercado!

Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação