Buscas relacionadas:

Máscaras de proteção

Máscaras de proteção são equipamentos de segurança individual que garantem uma série de benefícios tanto para as próprias pessoas que usam quanto para as que estão em volta, evitando que vírus circulem com mais facilidade. Assim, para saber mais sobre para que servem, os tipos, dicas e outras informações importantes, veja os tópicos abaixo!

  • Para que serve as máscaras de proteção
  • Tipos de máscara de proteção
  • Qual é a máscara de proteção contra vírus?
  • Dicas de como escolher máscara de proteção
  • Profissões em que o uso da máscara é obrigatório
  • Como usar máscaras de proteção
  • Equipamentos de proteção complementares

Para que serve as máscaras de proteção

As máscaras de proteção são equipamentos que têm como função separar as partículas prejudiciais à saúde. 

Ou seja, com o uso de uma máscara proteção torna-se mais fácil evitar doenças e outros tipos de infecções por meio de fluídos no ar. 

Algumas partículas ruins para a saúde humana que entrem em contato direto tanto com as vias nasais quanto bucais podem se proliferar com mais facilidade, sendo elas:

  • Vapores orgânicos;
  • Fumaças;
  • Gases;
  • Poeiras;
  • Germes e bactérias e outros.

Assim, a máscara protetora garante que o ar seja purificado por meio de suas camadas e proporciona um ar mais saudável para os indivíduos. 

Além disso, existem máscaras descartáveis que contam com uma tecnologia diferenciada, contendo em alguns modelos oxigênio próprio. 

As máscara 3 camadas possuem um filtro mais resistente, garantindo que elas tenham mais durabilidade.

É necessário também que a máscara possa se ajustar e adequar ao seu rosto, principalmente as que possuem um clipe nasal que ajuda nesse ajuste.

São equipamentos de proteção individual, também conhecidos como EPIs. É essencial para a preservação da saúde física e bem-estar geral dos trabalhadores em geral.

Por isso, é um produto de uso indispensável, principalmente para o setor hospitalar e industrial.

Tipos de máscara de proteção

Por serem equipamentos de proteção individual, os tipos de máscaras de proteção são utilizados em vários ambientes, como:

  • Industrial;
  • Hospitalar;
  • Radiológico;
  • Metalúrgico;
  • Laboratórios e outros.

Dessa maneira, é essencial que o seu uso seja feito da maneira correta e também saber sobre as diferenças entre máscaras comuns e as que são EPIs, designadas pelo nível de proteção e também pelas funções atribuídas a elas.

Ou seja, existem modelos e formatos diferentes para máscara protetora em cada ambiente onde é utilizada. 

Os principais modelos são:

  • Máscara de solda;
  • Máscara de proteção esportiva;
  • Máscara de proteção respiratória;
  • Máscara de classe R.

Assim, cada uma tem uma função específica para o dia a dia em diversos setores.

Máscara de solda

Bastante utilizada no meio industrial, a máscara de solda protege contra alguns fatores externos, como:

  • Radiação;
  • Chamas;
  • Fumaça;
  • Fagulhas e outros. 

Ela garante maior proteção durante o processo de soldagem e isso proporciona maior segurança para o colaborador.

Em geral, costuma ser comum ou automática, diferenciando-se por meio das lentes de plástico ou vidro. A máscara de solda simples tem o visor escuro, o que permite uma visão reduzida do processo de solda.

Ela tem um tempo de uso relativo, onde a durabilidade vai estar diretamente relacionada com a qualidade do material.

Máscara de proteção esportiva

Atletas de alto rendimento precisam estar com a saúde em dia e ter o conforto para praticar seus esportes. 

Por isso, o uso de máscara de proteção esportiva é recomendado para pessoas que precisam desse tipo de equipamento para manter a saúde e ainda não interferir no seu rendimento.

Elas são feitas de um material mais respirável, mas que protegem perfeitamente, o que promove um alto rendimento para os atletas.

Além disso, elas se ajustam facilmente ao rosto, proporcionando maior facilidade na hora de praticar esportes.

Máscara de proteção respiratória

A máscara protetora é um tipo específico que pode ser utilizada tanta no meio hospitalar quanto no dia a dia. 

Durante a pandemia do coronavírus, o uso de máscaras se tornou obrigatório, tornando popular a máscara cirúrgica, que tem um excelente nível de proteção e não dificulta o processo de respiração.

Assim, a máscara de proteção respiratória é um dos itens mais utilizados hoje dentro do meio hospitalar e cotidiano.

Elas têm classificações específicas que são:

  • N95;
  • N99;
  • N100.

Classe R

As máscaras de proteção classe R são excelentes para prevenir agentes infecciosos, sendo resistentes a óleos e têm duração de até oito horas.

Recebe as suas nomenclaturas de acordo com as normas americanas e são equivalentes às normas brasileiras, que são compostas por:

  • PFF1;
  • PFF2;
  • PFF3.

Elas possuem um alto teor de proteção, por isso que a PFF3 é uma das que mais oferece segurança contra aerossóis, vírus e bactérias. 

Para ambientes que tem um alto potencial de proliferação de doenças, como o hospitalar, é recomendado o uso de PFF2 para cima, sem válvula.

Há também os respiradores com filtro P, que são utilizados para atividades múltiplas, que vão desde pinturas até o uso de defensivos agrícolas. 

Eles podem ser divididos em:

  • P1;
  • P2;
  • P3.

Essas três classificações influenciam a proteção do rosto, onde eles podem ser semifaciais com 1 ou 2 filtros, ou um quarto facial, protegendo uma parte menor do rosto, que também possui filtro.

Os tipos de máscaras de proteção garantem maior proteção para os indivíduos que as utilizam. 

Dessa forma, é essencial garantir que elas possam ser utilizadas da melhor maneira possível e conferir maior segurança para o indivíduo.

Qual é a máscara de proteção contra vírus?

O coronavírus foi um vírus que teve proporção mundial em pouquíssimo tempo, devido ao seu nível de proliferação. 

Dessa maneira, o uso de máscaras foi instituído como uma forma de proteção individual e coletiva para barrar a proliferação do vírus.

Assim, as máscaras de proteção são um meio que os profissionais de saúde utilizam normalmente, assim como a N95, que tem um alto poder de barragem de gotículas contaminadas por vírus. 

Por isso, qualquer paciente que tenha qualquer tipo de sintoma de contaminação por vírus deve utilizar esse tipo de máscara.

Principalmente pelo fato delas serem descartáveis, o que barra também a recontaminação, pois foi um dos casos mais apontados.

Além disso, o uso de máscaras de tecido é recomendado para pessoas que não apresentam sintomas, pois a proteção delas também é viável.

É essencial, portanto, que o uso das máscaras de proteção seja mais disseminado e possa chegar a mais pessoas como uma forma de conscientização sobre a proteção pessoal e do resto da população.

Dicas de como escolher máscara de proteção

Para saber mais sobre como escolher os tipos de máscaras de proteção que melhor se adequam às suas necessidades é necessário conhecer mais sobre elas.

Assim, é essencial verificar as atividades que você irá realizar no dia a dia. Por isso, a  máscara proteção é um item muito importante, pois ela precisa ser prática e não impactar na respiração.

Ela precisa garantir a proteção e também garantir que as atividades exercidas possam não ofereçam riscos à saúde. 

Para encontrar a máscara que mais se adeque é importante considerar:

  • Atividades exercidas no dia a dia;
  • Sintomas virais;
  • Localidade de uso delas;
  • Obrigatoriedade;
  • Material utilizado;
  • Durabilidade;
  • Fluxo de trabalho;
  • Reutilização;
  • Conforto;
  • Praticidade;
  • Valores;
  • Camadas.

Esses são alguns pontos a serem verificados na hora de escolher um tipo de máscara para fazer uso.

Por isso, é essencial garantir que o seu uso esteja de acordo com as necessidades do cliente e proporcione maior conforto.

A própria questão da respiração é um quesito a ser levado em consideração, principalmente para atletas e pessoas que se movimentam bastante durante o dia.

É essencial que o conforto da máscara, atrelado ao processo de proteção, devem ser fatores ímpares para garantir o bom uso do produto.

Profissões em que o uso da máscara é obrigatório

Por ser um item versátil e que pode ser utilizado em vários ambientes, além de ser obrigatório em outros, trata-se de um fator importante no dia a dia de alguns profissionais.

Assim, é comum ver o seu uso frequente em alguns profissionais, como:

  • Metalúrgicos;
  • Médicos;
  • Enfermeiros;
  • Dentistas;
  • Pintores;
  • Soldadores;
  • Clínicos e outros.

Esses especialistas precisam utilizar esse item como um equipamento de segurança próprio.

Por isso, é essencial compreender qual se adequa melhor ao seu nicho e também um meio de proteção para o caso de eventualidades.

Dessa maneira, é essencial garantir que ela possa ser utilizada com segurança e seguindo as normas de segurança adequadamente.

Para ver sobre o uso e outras informações sobre os tipos de máscaras de proteção, veja as ofertas que o Soluções Industriais separou para você!

Ver maisVer menos

Máscaras de proteção

Como usar máscaras de proteção

Saber a utilização de uma máscara respiratória é essencial para garantir que ela vai continuar desempenhando o seu papel.

Além disso, é importante ressaltar que trata-se de um material estéril, ou seja, ele está apto para o uso, mas que pode ser contaminado caso seja utilizado de maneira incorreta.

E isso não garante proteção alguma, pois ela vai se tornar um material impróprio. 

Assim, é importante seguir o passo a passo abaixo:

  1. Antes de colocar a máscara, é interessante estar com as mãos higienizadas;
  2. Retire-a da embalagem;
  3. Faça uso dos elásticos para evitar contaminar a máscara;
  4. Ajuste a máscara no rosto e nas orelhas, priorizando sempre o toque nos elásticos;
  5. Em caso de ter um clip nasal, faça a regulação dele também com as mãos devidamente higienizadas.

É necessário que nariz e boca estejam cobertos pela máscara epi, de modo que ela consiga estar no local correto para garantir a proteção.

Para retirá-la, é necessário higienizar as mãos antes de retirá-la e descartar em um local adequado, o lixo adequado para esse tipo de descarte.

No caso dela ser uma máscara reutilizável, deposite-a em um local limpo.

Manter as mãos higienizadas é essencial para garantir o bom uso das máscaras, evitando qualquer tipo de contaminação.

Esse processo deve ser feito também em máscara de proteção infantil.

Equipamentos de proteção complementares

A máscara de proteção facial é um importante item no dia a dia das pessoas, principalmente após a pandemia do coronavírus. 

Ainda assim, para algumas profissões, existem equipamentos de segurança individuais que devem ser levados em consideração:

  • Máscara de acrílico;
  • Luvas de proteção;
  • Óculos de proteção;
  • Botas de segurança;
  • Capacetes de segurança;

Assim, esses equipamentos complementares fazem com que todo o processo de andamento de atividades em geral possa ser seguro.

É necessário que esses materiais sejam de uso exclusivo de um indivíduo, evitando qualquer tipo de contaminação.

Agora que você já sabe mais sobre máscaras de proteção, entre em contato já com os parceiros do Soluções Industriais e solicite o seu orçamento com os melhores profissionais disponíveis no mercado!

Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação