Buscas relacionadas:

Mesa De Seno

A mesa de seno é uma ferramenta essencial no mundo da usinagem e fabricação de peças de precisão. Encontrada com placa magnética ou sem, ela é responsável pelo posicionamento preciso de peças de trabalho em ângulos específicos em relação à máquina operatriz, o que permite criar componentes com geometrias complexas. Saiba mais nos tópicos listados abaixo!

  • O que é e para que serve a mesa de seno?
  • Qual a composição de uma mesa de seno?
  • Como funciona uma mesa de seno?
  • Modelos de mesa de seno

O que é e para que serve a mesa de seno?

A mesa de seno é uma ferramenta essencial em processos de usinagem em máquinas operatrizes, como tornos, retificas e fresadoras, pois permite realizar o dimensionamento preciso de uma peça em relação ao equipamento de usinagem. 

Isso é crucial para a criação de componentes com geometrias complexas e precisão dimensional, garantindo que atendam às especificações técnicas exigidas pelo projeto. 

Para isso, a mesa seno é composta por uma superfície plana, mas com capacidade de realizar inclinações. Essa característica permite que a peça seja trabalhada em diferentes ângulos e direções. 

Ao utilizar esse equipamento para a fabricação de engrenagens, por exemplo, é possível criar cortes ou furos de forma angular, resultando em dentes com encaixes mais precisos e eficientes. 

Além disso, a mesa é usada em tarefas como a indexação de peças para cortes angulares, gravações e fresagens em superfícies inclinadas. 

Sua versatilidade é inestimável na indústria, tornando-a uma ferramenta indispensável para operações que exigem alta precisão.

Qual a composição de uma mesa de seno?

Uma mesa de seno é composta por várias partes essenciais que trabalham juntas para proporcionar movimento controlado. Os principais componentes incluem:

  • Placa divisora: a placa divisora é a parte superior da mesa, onde a peça de trabalho é fixada. Ela possui entalhes, ranhuras ou orifícios para prender com segurança a peça durante o processo de usinagem;
  • Base: a base é a parte inferior da mesa, responsável por sustentar todo o equipamento. É crucial que a base seja robusta e estável para garantir a precisão da fixação nas máquinas operatrizes;
  • Haste de ajuste (eixos): a haste de ajuste é utilizada para movimentar a placa divisora em relação à base. Ela permite o ajuste preciso da posição da peça de trabalho, o que é essencial para realizar operações de usinagem com alta precisão;
  • Sistema de acionamento: nas mesas de seno manuais, a manivela de controle é usada para girar a placa divisora. Nas versões automatizadas, um motor controla esse movimento.

Além dos componentes mencionados, as mesas de seno costumam apresentar escalas e graduações que auxiliam na medição e posicionamento preciso das peças de trabalho.

Para entender melhor como esses elementos funcionam em conjunto, confira o tópico a seguir, no qual abordaremos o funcionamento completo do equipamento.

Como funciona uma mesa de seno?

Quando uma peça de trabalho é fixada na mesa de seno, a manivela de ajuste permite que o operador mova a peça horizontalmente e verticalmente, bem como a gire em torno do eixo da mesa, se necessário. 

Isso possibilita a realização de cortes e perfurações precisos em diferentes ângulos e posições, atendendo às exigências específicas do projeto.

Durante a usinagem, é importante monitorar a força aplicada à peça de trabalho. Um dinamômetro industrial pode ser fixado na mesa de seno ou na máquina de usinagem para medir a força de corte em tempo real. 

Isso permite que os operadores ajustem as configurações da máquina para evitar sobrecargas ou para garantir que a usinagem esteja ocorrendo dentro dos limites de tolerância.

Vale ressaltar que, dependendo do modelo de mesa, esse mecanismo de funcionamento pode ser diferente. 

Para conhecer os principais modelos de mesas de seno, confira o conteúdo que disponibilizamos no final da página! 

No Soluções Industriais, você também pode conhecer fornecedores especializados na ferramenta. Solicite um orçamento rápido para entrar em contato direto com um dos nossos parceiros! 

Ver maisVer menos

Mesa De Seno

Modelos de mesa de seno

Existem quatro principais tipos de mesa de seno: “simples”, “dupla”, “com contrapontas” e “magnética”.

A seguir, serão abordadas as diferenças de funcionamento de cada modelo e quais as suas aplicações na indústria. Confira:

Mesa de seno simples

A mesa de seno simples é composta por apenas uma divisória de inclinação, que é montada sobre uma base estável. Essa base é projetada para garantir estabilidade durante o processo de usinagem, por isso, deve ser nivelada corretamente.

Na mesa simples, a manivela de controle é usada para girar a placa divisora. O operador gira a manivela manualmente para ajustar o ângulo desejado.

Suas principais aplicações incluem:

  • Usinagem de peças angulares;
  • Fresagem em superfícies inclinadas;
  • Trabalhos de gravação;
  • Montagem de dispositivos especiais;
  • Inspeção e medição das peças.

Em resumo, a mesa simples desempenha um papel crucial ao permitir o posicionamento preciso das peças em ângulos específicos.

Mesa de seno dupla

Como o próprio nome sugere, a mesa dupla possui duas divisórias de inclinação montadas sobre a mesma base estável. Isso confere à ferramenta maior versatilidade em comparação ao modelo simples. 

Cada uma das divisórias pode ser ajustada independentemente, o que permite ao operador posicionar as peças em diferentes ângulos e realizar usinagens mais complexas. 

Geralmente, a mesa de seno dupla é utilizada em operações que demandam um alto grau de precisão e complexidade geométrica, como trabalhos de fresagem em múltiplos planos.

Mesa de seno com contrapontas

Composta por contrapontas ajustáveis, a mesa de seno com contrapontas é especialmente projetada para trabalhar com peças cônicas ou cilíndricas. 

Mesa de seno magnética

A mesa de seno magnética é uma variante especializada da mesa convencional, projetada para aplicações que exigem um nível excepcional de precisão e fixação de peças metálicas. 

Essa mesa tem como característica principal uma placa magnética, que substitui a placa divisora padrão encontrada nas mesas tradicionais. 

Composta por ímãs permanentes, como o bloco de neodímio, a barra magnética é responsável por fixar as peças no lugar, a fim de garantir a precisão da usinagem e outros procedimentos realizados.

A movimentação das peças fixadas na placa eletropermanente é feita por meio de uma alavanca instalada na mesa de seno.

Por meio de ímãs de alta fixação, também encontrados na manta magnética e na tinta magnética, é possível criar um contato sólido e estável entre a máquina e as peças.

Esse modelo pode ser usado para:

  • Usinagem de peças delicadas;
  • Usinagem de peças irregulares;
  • Usinagem em série;
  • Trabalhos de retificação;
  • Soldagem.

Em resumo, as mesas de seno são ferramentas fundamentais na indústria de usinagem, oferecendo precisão, versatilidade e eficiência no dimensionamento de peças metálicas.

Está procurando por mesas de seno de alto desempenho? Conte com o Soluções Industriais! Somos a maior plataforma B2B da América Latina, onde você pode cotar com os melhores fornecedores do mercado de forma prática e personalizada.

Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação