Buscas relacionadas:

Tesoura para artesanato

A tesoura para artesanato é indispensável em trabalhos com papel, papelão, plástico, tecidos diversos e muitos outros materiais. Leve e compacto, o item proporciona a precisão que artesãos profissionais ou pessoas que produzem arte em casa como hobby necessitam. Para conhecer melhor as vantagens e aplicações do produto, confira os tópicos abaixo! 

  • Onde a tesoura para artesanato pode ser aplicada?
  • Tipos de tesouras utilizados para fazer artesanato
  • Vantagens da tesoura para artesanato
  • Como escolher a melhor tesoura para artesanato?
  • Cuidados para se ter com a tesoura de artesanato
  • Curiosidades sobre as tesouras
tesoura para artesanato tesoura de artesanato tesoura de precisão para artesanato

Onde a tesoura para artesanato pode ser aplicada?

A tesoura para artesanato é uma solução buscada por quem deseja produzir manualmente elementos decorativos, vestimentas, móveis e muito mais.

Isso porque o objeto é usado para realizar cortes delicados e precisos, o que é essencial nos processos de criação de artesãos, sejam eles profissionais ou amadores.

Por esse motivo, a tesoura de artesanato está presente em residências, ateliês, oficinas de costura e muitos outros ambientes.

Tipos de tesouras utilizados para fazer artesanato

Existem diversos tipos de tesoura artesanal encontradas facilmente no mercado. As principais serão destacadas a seguir: 

Tesoura multiuso

A tesoura multiuso é ideal para uso caseiro, especialmente para confeccionar itens simples, mas que podem envolver diferentes materiais.

Uma vantagem é que o modelo costuma ser conhecido como uma tesoura para artesanato preço baixo, ou seja, é mais acessível do que as destinadas a profissionais.  

Tesoura de alfaiate

Essa tesoura de artesanato é bastante utilizada para cortar tecidos grossos e rústicos, e caracteriza-se por ter uma ponta convencional mais fina e outra arredondada.

Enquanto a primeira inicia o corte, a segunda faz o contato final com o tecido de forma delicada, a fim de não causar danos ao material. 

Tesoura de precisão

A tesoura de precisão para artesanato tem lâminas finas e curtas, que são indicadas para trabalhar com peças pequenas.

Embora sua área de corte seja menor comparada aos de outras tesouras, esse modelo possui um cabo grande e fácil de manusear. 

Tesoura para costura

Recomendada para tecidos, a tesoura para costura tem um porte maior do que a maioria das outras, já que frequentemente é usada em cortes de materiais densos, como o jeans.

Seu cabo é resistente a movimentos mais bruscos, o que é essencial para quem precisa fazer força para separar a quantidade desejada de tecido. 

Tesoura de arremate

A tesoura de arremate é pequena e possui uma mola entre as duas lâminas, o que facilita o corte de linhas e extremidades de peças de feltro. 

Tesoura de picotar 

A tesoura de picotar é recomendada para projetos que envolvam papel, cartolina, E.V.A e tecidos leves. 

Assim como a tesoura de costura, é maior do que as demais, mas diferencia-se pelo formato de sua área de corte, que apresenta “ondas” ou “zigue-zagues” para trabalhos mais decorativos.

Tesoura escolar

O artesanato pode ser uma paixão descoberta ainda na infância. Por isso, a tesoura escolar oferece segurança reforçada no corte dos materiais usados por crianças, pois apresenta lâminas sem pontas. 

Uma boa dica para obter resultados satisfatórios com essa tesoura é utilizá-la em superfícies suaves, como as de uma fita de cetim

Vantagens da tesoura para artesanato

As vantagens da tesoura para artesanato não se limitam à possibilidade de cortar várias matérias-primas.

O item ajuda até mesmo a economizar tempo e dinheiro, já que, se usado de maneira correta, evita que os materiais dos artesãos sejam rasgados ou danificados. 

Isso é essencial para diminuir o desperdício de matéria-prima ou a necessidade de refazer todo o trabalho.

Normalmente, atesoura de artesanato é inoxidável, o que lhe garante uma longa vida útil tanto em relação à eficácia das lâminas quanto em seu aspecto visual como um todo.

Além disso, o produto é leve, mesmo quando se trata dos modelos maiores, a fim de proporcionar um manuseio confortável ao trabalhar por períodos extensos. 

Como escolher a melhor tesoura para artesanato?

Escolher a melhor tesoura para artesanato não é difícil quando se conhece os fatores-chaves de uma compra assertiva. 

O primeiro deles é considerar o tipo de material que será cortado, especialmente quando o artesão é profissional e, portanto, usa o item com maior frequência.

Dessa forma, caso o artesanato seja feito como uma atividade remunerada, é importante ter à disposição lâminas específicas para determinados tipos de corte. 

As alças da tesoura também devem ser analisadas. Há opções com os dois orifícios no mesmo tamanho ou com medidas diferentes. 

No segundo caso, o furo menor é normalmente destinado para encaixar o dedo polegar, a fim de adequar-se ao modo como cada pessoa se sente mais confortável para manusear a tesoura. 

Em caso de dúvidas sobre as aplicações adequadas para a tesoura de artesanato desejada, sempre é possível procurar o auxílio de fornecedores especializados, que possuem um profundo conhecimento sobre cada tipo de lâmina, cabo e alça. 

Cuidados para se ter com a tesoura de artesanato

A tesoura para artesanato é resistente e durável por si só, no entanto, sua eficácia pode ser prolongada ainda mais ao se tomar alguns cuidados básicos para preservá-la.

Para começar, é preciso respeitar a destinação de cada lâmina. Tesouras indicadas para cortar papel não devem ser usadas em plástico, por exemplo. Ainda que o corte aconteça sem problemas em alguns casos, fazer isso sempre provoca um desgaste maior ao item.

No momento de afiar as lâminas, é recomendado procurar um amolador profissional, que consiga fazer o serviço de maneira segura e, muitas vezes, o complemente com a lubrificação nas articulações da tesoura. 

É essencial citar que realizar essa atividade por conta própria é perigoso e não oferece os resultados necessários para obter um alto desempenho da tesoura para artesanato

Já a limpeza das lâminas e articulações pode ser caseira, com água morna e sabão. É importante não usar álcool durante a higienização e sempre certificar-se de que o objeto ficou completamente seco ao final do processo. 

Periodicamente, é válido checar se há restos de materiais próximos ao pivô da tesoura, a peça que une as lâminas por meio de um parafuso. Quando existe sujeira nessa área, a precisão e força aplicadas ao corte podem ser afetadas.

Se a tesoura para artesanato apresentar ruídos ou “agarrar” os materiais ao ser usada, pode ser um indício de que seu parafuso está desajustado, o que é resolvido com uma chave de fenda.

Para complementar o reparo, é viável espalhar óleo de máquina de costura sobre o pivô.

Após os ajustes, é necessário abrir e fechar as lâminas repetidamente, a fim de ter certeza de que a imperfeição foi corrigida. 

Por fim, a tesoura para artesanato deve ser armazenada em um local livre de umidade e, de preferência, enrolada com um pano macio. 

O objeto também não pode estar acessível a crianças, a não ser que se trate de um modelo voltado para o público infantil. Ainda assim, é indispensável a supervisão de um adulto durante a produção de qualquer peça.  

Curiosidades sobre as tesouras

A história da tesoura está ligada ao artesanato desde os tempos do Império Romano. Artesãos antigos da China, Japão e Coréia também utilizavam o objeto para exercer esse ofício.

Isso ocorreu há cerca de 5 mil anos, o que demonstra a longa tradição do objeto na produção manual de diferentes produtos. 

Na época, as tesouras possuíam eixos de bronze ou ferro e, além do artesanato, já eram usadas para cortar cabelo, unhas e diversos materiais destinados às mais variadas funções.  

O uso doméstico do item, no entanto, teve início somente em 1761, quando o objeto foi produzido com aço e popularizado pelo manufaturador britânico Robert Hinchliffe.

Por conta disso, ele é considerado o “pai da tesoura”, já que existem diferentes versões sobre quem seria o verdadeiro inventor do instrumento.

Outra curiosidade interessante é a origem do nome “tesoura”, que vem da palavra do latim “cisoria”, que significa “instrumento para cortar”. 

As modificações da palavra ao longo dos séculos fizeram com que fosse criado o termo usado hoje na língua portuguesa, mas a palavra cisória continua existindo no idioma com um significado similar na medicina e na culinária.  

Por exemplo, em hospitais, a cisória pode ser uma sonda usada para auxiliar no processo de uretrotomia interna, um tipo de cirurgia.

Já na cozinha, a palavra refere-se a um conjunto de técnicas aplicadas para descascar e desossar produtos alimentares.  

Quer ter acesso aos melhores fornecedores de tesouras do mercado? Solicite um orçamento gratuito no Soluções Industriais! 

Mas caso deseje mais informações sobre o produto, leia o conteúdo que disponibilizamos para você no final da página!

 

Ver maisVer menos

Tesoura para artesanato

A tesoura para artesanato pode ser usada para cortar desde itens delicados, como uma fita de cetim, até tecidos pesados.

No mercado, existem modelos perfeitos tanto para  artesãos profissionais quanto para pessoas que fazem trabalhos manuais como um passatempo. 

Encontre a tesoura de artesanato ideal para os seus projetos com os parceiros do Soluções Industriais! Faça uma cotação em nossa plataforma e tenha o auxílio dos maiores especialistas no segmento.  

Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação