Buscas relacionadas:

Macacão de segurança

O macacão de segurança é um equipamento de proteção individual (EPI) utilizado em ambientes de trabalho com riscos químicos, biológicos, térmicos ou mecânicos para evitar acidentes. São classificados conforme o nível de resistência e encontrados geralmente na cor branca, amarela e verde. Quer saber mais sobre o produto? Confira os tópicos abaixo!

  • Para que serve o macacão de segurança?
  • Como utilizar o macacão de segurança?
  • Benefícios do macacão de segurança
  • Quais os tipos e classificações de proteção do macacão de segurança?
  • Aplicações e para quem é indicado o uso do macacão de segurança
  • Normas de proteção do macacão de segurança
  • Cuidados com o macacão de segurança
macacão de segurança macacão epi macacão de proteção química

Para que serve o macacão de segurança?

O macacão de segurança tem como principal função proteger o usuário contra contaminações, agentes térmicos, respingos de produtos químicos e umidade.

De acordo com a norma regulamentadora NR-6, esse equipamento de proteção individual (EPI) precisa proteger o tronco, bem como os membros superiores e inferiores com total eficiência.

Para isso, o uniforme deve ser confeccionado com tecidos resistentes e que permitam a mobilidade com conforto e segurança, como o brim e o polipropileno. 

Ele ainda costuma apresentar abertura frontal, elástico nos pulsos e tornozelos e pode conter faixas reflexivas para ajudar na visibilidade, além de bolsos extras para armazenar objetos úteis para a realização de trabalhos.

O macacão EPI é muito utilizado por profissionais da área industrial e operacional, como eletricistas, mecânicos, engenheiros de produção, soldadores e técnicos de manutenção.

Para otimizar a proteção, é ideal usar outros itens de segurança em conjunto com o macacão, como a viseira, o óculos, os sapatos, o protetor auricular, a máscara, as luvas, entre outros.

Como utilizar o macacão de segurança?

Além de proteger o usuário contra diversos acidentes, o macacão de segurança impede que agentes contaminantes sejam levados para fora do ambiente de trabalho. Por isso, é essencial que ele seja colocado e retirado corretamente. 

Para vestir corretamente o macacão EPI, é recomendado estar sentado para passar os pés com maior facilidade. 

Em seguida, deve-se calçar os sapatos de segurança sobre vestuário e só então vestir os braços, fechar o zíper e colocar o capuz se for necessário. 

É importante certificar-se que os punhos e tornozelos estão devidamente cobertos, de modo a evitar que substâncias entrem no afrouxamento da roupa. 

Para remover o macacão também há uma ordem correta, que começa pelas luvas de segurança e passa pelo capuz e o zíper frontal. 

Depois, é retirado o restante da vestimenta, sempre enrolando o macacão de dentro para fora, e em seguida dos sapatos 

É essencial lembrar sempre de verificar se há resquícios de substâncias químicas e evitar o contato com a pele.

O descarte ou a higienização também são partes importantes da utilização do macacão EPI e precisam ser feitas corretamente. 

Macacões descartáveis contaminados, por exemplo, devem ser separados e coletados por empresas especializadas, que irão fazer o tratamento e a destinação correta do resíduo. 

Já o processo de lavagem dos modelos reutilizáveis envolve o uso de água e sabão neutro. Nesses casos, não é indicado utilizar produtos químicos que possam danificar o tecido ou reduzir a eficácia do EPI. 

Benefícios do macacão de segurança

Por ser um EPI, o macacão de segurança oferece muitos benefícios ao usuário, em especial a proteção durante atividades com certo grau de periculosidade. 

Dentre os benefícios do macacão EPI, destacam-se:

  • Proteção contra riscos: o macacão de segurança protege o usuário contra diversos tipos de riscos presentes no ambiente de trabalho, como exposição a produtos químicos, substâncias biológicas, calor, chamas, cortes e abrasão;
  • Durabilidade e resistência: o macacão EPI é geralmente fabricado com materiais duráveis e resistentes, o que aumenta sua vida útil e eficácia na proteção do usuário;
  • Conforto: o macacão de segurança é desenvolvido para facilitar a mobilidade do usuário de forma confortável;
  • Ele pode conter forros removíveis para ajudar a manter o corpo aquecido e seco durante os dias mais frios;
  • Visibilidade: o macacão EPI podem contar com faixas e fitas refletivas, que ajudam a melhorar a visibilidade em trabalhos noturnos ou com pouca iluminação;
  • Conformidade com normas de segurança: em muitos casos, o uso do macacão de segurança é obrigatório por lei ou normas regulamentadoras, garantindo a conformidade da empresa com as regras de segurança.

Em resumo, o macacão de segurança é um item fundamental para a saúde do trabalhador, o que diminui acidentes de trabalho, afastamentos e problemas mais graves no futuro. 

Por isso, o uso do macacão EPI é altamente recomendado para os usuários que frequentemente trabalham em ambientes perigosos ou empreendimentos que exigem o uso de equipamento de segurança adequado.

Quais os tipos e classificações de proteção do macacão de segurança?

Existem diferentes tipos de macacão EPI, que variam conforme o nível de proteção e geralmente são indicados por cores específicas.

Graus de proteção do macacão de segurança

A principal forma de classificar o macacão EPI é de acordo com os níveis de proteção, isto é, a resistência a determinadas substâncias químicas. São eles:

  • Tipo 1: esse é o nível mais alto de resistência do macacão químico, pois protege contra gases e vapores químicos. Se subdivide em:
  • Tipo 1A: fornece ar respirável para o operador por meio de uma mangueira dentro da vestimenta, originária de uma fonte de ar independente da atmosfera do ambiente;
  • Tipo 1B: fornece ar para o operador por meio de uma mangueira que fica do lado de fora da vestimenta, originária de uma fonte de ar independente da atmosfera do ambiente;
  • Tipo 1C: fornece ar respirável através de um ar canalizado dentro do macacão sob pressão positiva;
  • Tipo 2: não oferece proteção contra gases, mas é resistente à partículas sólidas aéreas, líquidos e líquidos pulverizados. O ar respirável é fornecido por uma fonte externa por meio de pressão positiva;
  • Tipo 3: nível médio de proteção, resistente à jatos de líquido químico;
  • Tipo 4: resistente à líquidos químicos pulverizados (spray) ou respingos;
  • Tipo 5: resistente às partículas químicas e sólidas presentes no ar e apresenta um nível de proteção baixo;
  • Tipo 6: resistente a respingos leves, vírus, bactérias e líquidos pulverizados (spray), considerado o nível mais baixo de proteção do macacão de proteção química.

Cores do macacão de proteção química

Os macacões de segurança são encontrados em três principais cores, a branca (mais comum), amarela e verde:

  • Macacão de segurança branco: esses modelos costumam indicar um nível de resistência do tipo 6, ou seja, protegem contra poeira, sprays, névoa, vírus e bactérias, e são muito usados por profissionais da saúde;
  • É possível encontrar no mercado modelos de macacão branco dos tipos 4 e 5, por isso é importante verificar qual a classificação antes de comprar;
  • Macacão de segurança amarelo: são resistente a aproximadamente 80 tipos de substâncias químicas;
  • Macacão de segurança verde: é o modelo mais resistente entre os três, capaz de proteger contra 180 substâncias químicas e até mesmo riscos mecânicos. 

Apesar da maioria dos fornecedores seguirem as cores padrão, existem empresas que fornecem modelos de outras cores. 

É importante analisar não somente as cores, mas fatores como a costura, respirabilidade e nível de permeabilidade do  macacao epi, a fim de obter um produto de alta qualidade e segurança. 

Além disso, existem versões destinadas para atividades que não envolvem substâncias químicas ou potencialmente perigosas, como é o caso dos macacões para eletricistas. 

Por isso, no momento de contratar uma empresa especializada em confecção de uniformes para desenvolver o produto, é ideal ficar atento à competência dela no segmento desejado. 

Aplicações e para quem é indicado o uso do macacão de segurança

O macacão de segurança é uma peça de vestuário de proteção amplamente utilizada em diversos setores da indústria para proteger os trabalhadores contra diferentes tipos de riscos no ambiente de trabalho. 

Alguns dos setores e aplicações mais comuns para o uso do macacão EPI incluem:

Proteção contra produtos químicos

O macacão EPI é usado na indústria química, de cosméticos, de fertilizantes, etc, para proteger os trabalhadores contra a exposição a produtos ácidos, álcalis, solventes, entre outras substâncias.

Seu uso é indicado para engenheiros químicos, farmacêuticos, analistas de qualidade, químicos forense e qualquer profissional que entra em contato com os agentes químicos. 

Proteção contra materiais de construção

Na indústria de construção, o macacão de segurança é usado para proteger os trabalhadores contra os riscos associados à manipulação de materiais de construção, tais como tijolos, concreto, aço, entre outros.

O uso do macacão é indicado para pedreiros, ajudantes, engenheiros civis e qualquer outro profissional que trabalhe com esses materiais. 

Higiene e proteção contra resíduos orgânicos

Na indústria alimentícia, o macacão de segurança é usado para evitar o contato com resíduos biológicos e orgânicos, que podem causar alergia ou intoxicação. 

Não só isso, ele garante maior higiene tanto para o profissional quanto para os alimentos manipulados. 

O uso é indicado para engenheiros de alimentos, nutricionistas, chefes de cozinha, gerentes de produção, entre outros profissionais. 

Serviços de limpeza

O uso do macacão de segurança impermeável é indicado para operadores que realizam serviços de limpeza e manutenção, pois estão em contato direto com produtos químicos como cloro, removedor e outros agentes químicos.

Além dessas aplicações, o macacão de segurança também pode ser usado para pinturas industriais, trabalhos com peças de alumínio, fabricação de pneu e muitas outras atividades, inclusive uso doméstico.

Vale ressaltar que para cada aplicação existe um macacão EPI adequado, sendo essencial respeitar os níveis de resistência para garantir a total proteção do usuário. 

Normas de proteção do macacão de segurança

As normas regulamentadoras existem para comprovar que o macacão EPI foi confeccionado da forma correta e atende aos requisitos mínimos de qualidade. 

A norma internacional ISO 16602:2007 é a legislação responsável pelas classificações do macacão EPI, mas prevê somente as regras quanto à proteção química. 

Além dessa norma, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e o Ministério do Trabalho estabelecem várias outras regras para o uso, que variam de acordo com o segmento de atuação. 

Cuidados com o macacão de segurança

Os cuidados com o macacão de segurança devem ser seguidos antes, durante e após o uso do EPI. Entre as principais dicas, destacam-se:

  • Verificar o estado do macacão antes de utilizá-lo: o macacão deve estar limpo e em boas condições, sem rasgos ou furos que possam comprometer sua eficácia;
  • Utilizar o tamanho correto: a peça deve ser adequada ao tamanho do usuário para que não fique folgado ou apertado demais;
  • Utilizar o macacão somente para a atividade a que se destina: cada tipo de macacão é projetado para proteger contra um tipo específico de risco, como um macacão de pintura, e é importante respeitar o indicado pelo fabricante; 
  • Realizar a limpeza e manutenção adequadas: após o uso, o macacão deve ser higienizado para que possa ser utilizado novamente com segurança. 

Caso o macacão seja do modelo descartável, um outro cuidado importante está relacionado com o seu descarte correto. 

No Brasil, o que determina a destinação adequada do macacão EPI é o tipo de resíduo ao qual ele foi exposto.

Segundo a norma NBR 10.004, os resíduos são divididos em classes. São elas: 

  • Classe I - Perigosos: são aqueles que apresentam riscos à saúde e ao meio ambiente por conta de suas propriedades físico-químicas e infectocontagiosas;
  • Estes resíduos são destinados a aterros sanitários especiais e podem receber tratamentos diferentes de acordo com o material, como incineração ou condicionamento;
  • Classe II - Não perigosos: são aqueles que não apresentam riscos à saúde pública ou ao meio ambiente, mas que ainda podem apresentar combustibilidade, biodegradabilidade ou solubilidade em água. Ela é subdividida em duas categorias:
  • Classe II A - Não inerte: apresenta baixa periculosidade, no entanto, ainda é capaz de desenvolver reação química;
  • Classe II B - Inerte: resíduos capazes de manter suas características durante o processo de decomposição.

Quer saber mais sobre o macacão de segurança? Confira o conteúdo no final da página e aproveite as ofertas que o Soluções Industriais separou para você! 

Ver maisVer menos

Macacão de segurança

O macacão de segurança é um equipamento de proteção individual (EPI) muito utilizado por profissionais de diversos segmentos, como eletricistas, mecânicos, engenheiros, funcionários de limpeza, entre outros. 

A confecção de uniformes do modelo deve ser solicitada apenas em empresas especializadas, que atendam todas as regras estabelecidas pelos órgãos vigentes para o desenvolvimento do produto. 

Se interessou pelo macacão EPI? Na plataforma do Soluções Industriais você encontra os melhores fornecedores do mercado, que oferecem peças de alta qualidade e preços justos! Solicite um orçamento gratuito para saber mais!

Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação