Buscas relacionadas:

Eletrodos de aterramento

Os eletrodos de aterramento são parte constituinte de um conjunto de subsistemas de aterramento, que é capaz de fazer o contato elétrico com a terra, fazendo com que a corrente da descarga elétrica atmosférica seja descarregada nesse ponto. Assim, para saber mais sobre o que são, como são feitos e outras informações, navegue pelos tópicos abaixo! 

  • O que são eletrodos de aterramento?
  • Como podem ser feitos os eletrodos de aterramento?
  • Norma que regulamenta os eletrodos de aterramento
  • O que afeta a resistência de aterramento?
  • Os principais componentes do aterramento

O que são eletrodos de aterramento?

Os eletrodos de aterramento são produtos de alto rendimento que garantem maior segurança em instalações elétricas.

Dessa forma, elas integram um conjunto que faz parte de um subsistema de aterramento responsável pela distribuição de descargas atmosféricas no solo.

Evitando, assim, que acidentes possam ocorrer, como sobrecargas em aparelhos eletrônicos e até mesmo incêndios.

Sendo assim, ele é previsto pela norma técnica, ABNT NBR 5410/2004, sobre os tipos de eletrodos utilizados no sistema de aterramento.

A partir disso, o eletrodo de terra é um produto indispensável para ser utilizado no dia a dia, garantindo maiores vantagens de uso e segurança nas instalações elétricas dos clientes.

Por isso, é importante considerar o seu uso como uma forma de seguir as diretrizes de SPDA, Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas.

Como podem ser feitos os eletrodos de aterramento?

Quando se fala de tipos de eletrodos de aterramento, é importante considerar alguns pontos importantes.

A começar se o eletrodo de aterramento em anel é natural ou não, podendo ser:

Natural

Esse tipo de eletrodo de aterramento é feito por meio de fundações, quando ele é formado por um conjunto de ferro imerso em concentro em contato direto com o solo.

A partir disso, ele possui resistividades muito baixas, variando entre 30 a 50  Ω.m a, a uma temperatura média de 20ºC.

Dessa forma, ele tem uma massa de material condutor representada por várias toneladas de aço. 

Isso significa que o aço utilizado é muito superior à quantidade de material de metal usado nos eletrodos convencionais.

A partir disso, os eletrodos de aterramento reduzem significativamente o valor da resistência que o aterramento possui.

É importante ressaltar que essa variante muda de acordo com o tipo de edificação constituída.

Levando em consideração que a maioria das construções é embutida no próprio concreto das fundações.

Assim, considera-se que existem interligações naturais entre os elementos para obter um eletrodo de aterramento.

Dispondo das suas características elétricas mais adequadas, proporcionando maior qualidade suplementar. 

Convencional

Uma parte importante da composição e instalação de aterramento de eletrodos convencionais é que ele possui algumas condições específicas.

Assim, é necessário considerar o aumento da resistência do eletrodo, tal qual a sua corrosão conforme o passar do tempo.

Dessa forma, alguns pontos de atenção que se precisa ter em relação à sua resistência são:

  • Solicitações térmicas;
  • Termomecânicas;
  • Eletromecânicas. 

A partir disso, o seu dimensionamento é verificado levando em consideração os condutores dos eletrodos de aterramento.

Assim, é possível evitar choques elétricos, garantindo que esses métodos sejam eficientes e proporcionem maior proteção para os sistemas.

Sendo assim, é importante garantir o bom funcionamento dos eletrodos de aterramento, proporcionando que a sua instalação seja eficiente e que garanta maiores vantagens de uso para os clientes.

Norma que regulamenta os eletrodos de aterramento

As normas de regulamentação dos eletrodos de aterramento são essenciais para garantir que eles sejam devidamente instalados.

A partir disso, a NBR 5410/2004 verifica que o eletrodo de aterramento deve seguir com os seguintes critérios de estruturação.

Ou seja, que as edificações devem comportar uma infraestrutura compatível com o aterramento, seja com o uso de fundações, fitas, barras, cabos elétricos ou anel metálico;

A partir disso, a norma de instalações elétricas de baixa tensão compreende que os eletrodos de aterramento devem ser imersos nas fundações por meio das malhas metálicas que são enterradas a partir dos níveis de fundação.

Assim, garantindo que esse processo possa isolar adequadamente eles na parte inferior da construção, com o auxílio do cordoalha para aterramento e haste de aterramento.

Por isso, as normas são tão importantes para garantir o bom funcionamento dos eletrodos para aterramento.

O que afeta a resistência de aterramento?

Existem alguns pontos importantes que afetam a resistência do aterramento, levando em consideração a NEC de 1987, presente no artigo 250-83-3.

Assim, é preciso de pelo menos 2,5 metros de comprimento, em torno de oito pés, para que o eletrodo de aterramento esteja devidamente em contato com o solo.

Por isso, existem quatro principais variáveis que afetam a resistência do sistema de aterramento, sendo elas:

  • Comprimento ou profundidade do eletrodo;
  • Diâmetro;
  • Número dos eletrodos de aterramento;
  • Projeto de sistema de aterramento.

Dessa forma, é possível garantir com maior eficiência que a instalação de aterramento vai ser feita da maneira correta.

Proporcionando, assim, uma forma mais eficiente de fazer com que o eletrodo de aterramento possa funcionar adequadamente.

Os principais componentes do aterramento

Para garantir que o aterramento será bem elaborado, é importante contar com algumas peças essenciais.

Dessa forma, elas podem ser:

  • Condutores da malha de aterramento;
  • Cordoalha flexível;
  • Haste de aterramento;
  • Caixa de inspeção;
  • Soldas exotérmicas;
  • Conectores ou junções.

Todos esses componentes auxiliam no processo de realização do aterramento, proporcionando que o encaixe dos eletrodos de aterramento seja altamente eficiente.

Para saber mais sobre o eletrodo de aterramento, basta verificar todas as ofertas que o Soluções Industriais selecionou para você!

Ver maisVer menos

Eletrodos de aterramento

Os eletrodos de aterramento são essenciais para garantir o bom funcionamento do aterramento e evitar acidentes.

Dessa forma, com o auxílio do laudo SPDA, torna-se mais fácil realizar essa colocação, além de garantir maior segurança no processo. 

Para saber mais sobre o eletrodo de aterramento, basta entrar em contato com os parceiros do Soluções Industriais e solicitar já o seu orçamento gratuito!

Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação