Buscas relacionadas:

Mola Prato

A mola prato é um componente mecânico essencial para controlar movimentos e amortecer impactos em veículos e máquinas industriais. O acessório consiste em um conjunto de discos empilhados, que são comprimidos ou descomprimidos para absorver choques e vibrações durante o funcionamento. Entenda melhor sobre as funções e vantagens do item nos tópicos abaixo!

  • O que são as molas pratos?
  • Por que utilizar a mola prato?
  • Características e aplicações da mola prato
  • Vantagens da mola prato
  • Modelos de molas prato
  • Como escolher a mola prato ideal?
MOLA PRATO

O que são as molas pratos?

A mola prato é um componente mecânico composto por discos empilhados uns sobre os outros. Cada disco é flexível e pode se curvar quando uma força é aplicada sobre a mola.

Essa estruturação proporciona uma resposta de mola progressiva, o que significa que a resistência aumenta à medida que a mola é comprimida. 

Basicamente, a função do acessório é armazenar energia quando comprimido e liberá-la gradualmente para suavizar impactos repentinos.

Isso pode ser benéfico para sistemas automotivos e de máquinas industriais, pois pode ajudar a suavizar a transição entre diferentes níveis de carga ou impacto, além de absorver vibrações. 

Por que utilizar a mola prato?

Nos processos industriais, especialmente quando há altas cargas mecânicas e temperaturas elevadas, existe o risco de vazamentos em juntas flangeadas.

Para evitar isso, o uso de molas prato sob porcas ou parafusos é essencial, pois previne o afrouxamento não desejado das conexões. 

Isso é particularmente crucial em ambientes industriais onde as flanges estão sujeitas a vibrações, choques mecânicos e variações térmicas.

Nesse caso, a mola de prato ou a mola prato tabela ainda ajuda a evitar danos às gaxetas, juntas e parafusos, protegendo a integridade de todo o sistema.

Além disso, o componente é conhecido pela sua capacidade de compensar desalinhamentos e irregularidades superficiais nas flanges, o que garante um contato uniforme e eficaz.

Portanto, ao utilizar a mola prato, as indústrias conseguem melhorar a confiabilidade e a segurança de suas operações, pois minimizam os riscos de vazamentos e reduzem a necessidade de manutenções corretivas frequentes.

Características e aplicações da mola prato

As molas prato são fabricadas a partir de materiais de alta qualidade, como aço inoxidável ou ligas especiais, conferindo-lhes durabilidade e resistência à corrosão.

Sua construção em formato cônico proporciona ainda flexibilidade para absorver choques e deformações. Essas características garantem que esse componente mantenha seu desempenho ao longo do tempo, mesmo sob condições adversas de operação.

Devido à sua capacidade de suportar cargas significativas e oferecer resposta controlada a diferentes forças, a mola tipo prato é utilizada em várias aplicações industriais, como: 

  • Acoplamentos e embreagens;
  • Tubulações e engenharia pesada; 
  • Bombas, válvulas e dispositivos de segurança;
  • Freios mecânicos e componentes de transmissão;
  • Máquinas e equipamentos industriais;
  • Entre outros.

Vale mencionar que cada mola prato deve ter o tamanho compatível com o sistema que irá compor. Por isso, antes de realizar qualquer aquisição, é recomendável consultar um fornecedor especializado, como os parceiros do Soluções Industriais. 

A importância da mola prato em suspensões automotivas

As molas prato são projetadas para comprimir e expandir, absorvendo os impactos causados por buracos, desníveis e outras imperfeições na estrada. 

Essa capacidade de absorção contribui significativamente para o conforto dos passageiros, pois reduz as vibrações e oscilações no interior do veículo.

Além disso, elas trabalham em conjunto com outros componentes da suspensão para manter o equilíbrio do veículo durante curvas e manobras. 

Alguns dos componentes utilizados nos mesmos sistemas que a mola prato são o coxim da coroa e o amortecedor de vibração, que atuam em conjunto para aliviar impactos. 

Outra peça importante é a barra estabilizadora. Esse componente automotivo ajuda a minimizar a inclinação da carroceria durante curvas, a fim de melhorar a estabilidade e o controle do veículo, da mesma forma que uma mola prato fina.

Também é importante ficar atento a componentes que completam os sistemas mecânicos de veículos, como o anel de segmento e a arruela de pressão. 

Vantagens da mola prato

A mola prato é popular em diversos sistemas industriais e automotivos por assegurar diversas vantagens construtivas e operacionais, como: 

Distribuição uniforme de carga: as molas prato proporcionam uma distribuição mais uniforme da carga ao longo do disco, o que evita pontos de alta pressão, como uma mola prato de compressão;

Resistência a cargas variáveis: elas são eficazes em lidar com cargas variáveis e podem oferecer uma resposta mais estável em comparação com outras molas em certas condições;

  • Alta capacidade de carga: a mola prato pode ter uma alta capacidade de carga em relação ao seu tamanho, o que é útil em aplicações onde a força é crítica, mas o espaço é limitado;
  • Estabilidade lateral: o componente tende a ter uma maior estabilidade lateral, tornando-o menos propenso a torcer ou desviar quando submetido a cargas laterais;
  • Resistência a altas temperaturas: Dependendo dos materiais utilizados na fabricação, as molas prato podem oferecer boa resistência a altas temperaturas; 
  • Durabilidade: Elas são projetadas para serem duráveis e resistentes, oferecendo uma vida útil longa em muitas aplicações.

É importante citar que as vantagens específicas podem variar dependendo do projeto, aplicação e requisitos específicos. 

Portanto, o uso das molas prato deve ser cuidadosamente considerado em relação às necessidades específicas do sistema em que estão sendo aplicadas.

Modelos de molas prato

Os modelos de molas prato são normalmente classificados de acordo com normas industriais internacionais. 

Atualmente, as duas mais consideradas no Brasil são a DIN, do Instituto Alemão de Normalização, e a EN (Norma Europeia), ambas reconhecidas pela ISO (Organização Internacional de Normalização). 

Entre os principais tipos da mola prato encontrados, estão: 

  • Mola Prato DIN 6796;
  • Mola Prato DIN 2093;
  • Mola Prato EN 16983.

Vale destacar que essas opções, bem como suas variáveis, o que inclui componentes como a mola prato de compressão, também são consideradas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). 

Esse órgão também é responsável pela normalização técnica de outros tipos de molas e acessórios de fixação, como a mola de chapa, a mola de fita, as molas aspirais e o clipe de mola.

Quer encontrar empresas especializadas em molas para diversas aplicações? Solicite agora mesmo um orçamento no Soluções Industriais e entre em contato com nossos parceiros especializados. 

Você também pode conferir dicas sobre como escolher a mola prato ideal para o seu equipamento ou automóvel no conteúdo disponibilizado no final da página. Confira! 


Ver maisVer menos

Mola Prato

A escolha da mola prato ideal deve ser feita com cuidado, a fim de otimizar o desempenho, a eficiência e a segurança da aplicação específica.

Primeiramente, é fundamental compreender as demandas específicas da aplicação, como carga, deslocamento, ambiente de operação e requisitos de absorção de choque.

Em seguida, avaliar as normas, como DIN 6796, DIN 2093 ou EN 16983, que podem orientar na escolha do modelo mais apropriado.

Além disso, a seleção deve considerar o material de fabricação, como aço inoxidável ou aço carbono, com o intuito de garantir resistência à corrosão e durabilidade.

As dimensões, o tamanho, a espessura e as propriedades de flexibilidade também desempenham um papel crucial na escolha da mola prato ideal.


Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação