Buscas relacionadas:

Placa saída de emergência

A placa saída de emergência indica a localização de rotas de fuga, como portas, escadas e rampas. Presente em diversos tipos de ambientes com grande circulação de pessoas, o item é essencial nas situações de risco, pois apresenta de forma clara as ações que devem ser tomadas. Saiba as informações mais relevantes sobre o tema conferindo os tópicos abaixo! 

  • Importância da placa saída de emergência
  • Benefícios e características da placa saída de emergência
  • Aplicações da placa saída de emergência
  • Normas e orientações sobre a placa saída de emergência
  • Outros tipos de placas de sinalização de emergência
Placa saída de emergência 

Importância da placa saída de emergência

A placa saída de emergência é indispensável em ambientes residenciais, empresariais e industriais, pois indica a localização de rotas de fuga em casos de incêndios, explosões, inundações e outras situações de alto risco. 

Um edifício sinalizado adequadamente permite a evacuação rápida e segura quando necessário, preservando a integridade física dos ocupantes.

A sinalização também tem como intuito prevenir o pânico durante situações adversas, visto que as pessoas costumam ficar mais calmas quando sabem exatamente para onde ir e o que fazer.

É essencial citar que a placa de saída de emergência é uma exigência legal em muitos países, inclusive no Brasil, e a sua ausência pode acarretar em multas e sanções para o proprietário do edifício. 

Não só isso, o produto faz parte de um sistema de proteção que conta com vários outros dispositivos, como a luminária de emergência, Sensor de fumaça e o extintor de incêndio. 

Benefícios e características da placa saída de emergência

Além de cumprir uma função essencial para a segurança dos locais, a placa saída de emergência oferece diversas outras vantagens, conforme destacado a seguir: 

  • Fácil identificação: As placas de emergência são projetadas para serem fáceis de identificar e entender, com o intuito que as pessoas encontrarem e sigam a rota de evacuação rapidamente.Geralmente em verde e branco, os modelos tradicionais costumam apresentar letras grandes e legíveis ou desenhos padronizados; 
  • Iluminação: Alguns modelos da sinalização vêm acompanhados de luzes, como a placa de saída de emergência luminosa, que facilita sua visualização em casos de queda no sistema elétrico
  • Este tipo de produto costuma apresentar cores fortes, como vermelho ou verde, e brilham intensamente no escuro;
  • Fácil instalação: A placa saída da emergência pode ser fixada em portas, tetos, paredes ou qualquer ponto estratégico sem a necessidade de ferramentas complexas para instalar o item;  
  • Durabilidade: Feitas com materiais resistentes essas sinalizações suportam impactos, altos níveis de umidade e variações constantes de temperatura por muito tempo, sem se deformarem ou perderem a legibilidade. 

Aplicações da placa saída de emergência

A placa saída de emergência é instalada em um local estratégico e indica com precisão as características da rota de fuga e as direções que as pessoas precisam seguir.

Em escadas, por exemplo, é comum achar placas com setas apontadas para cima ou para baixo, além de desenhos dos degraus, como a Central de luz de emergência, a fim de facilitar o compreendimento da área e como se locomover pelo local. 

Há placas que informam ainda sobre a necessidade de fazer uma conversão, continuar no mesmo caminho ou realizar alguma ação, como puxar ou empurrar uma porta.

Por sua vez, as sinalizações que ficam acima das portas costumam apresentar apenas a palavra “saída” em letras grandes, principalmente a placa de saida de emergencia

A placa de saída de emergência também deve deixar claro quando a rota de fuga é adaptada para pessoas com mobilidade reduzida. 

Este modelo é comumente encontrado em hospitais, bem como em prédios residenciais e comerciais com rampas de acesso.

Além desses ambientes, indústrias, estádios de futebol, autódromos, ginásios, academias, shoppings, escolas, casas de shows, parques de diversões, dentre outros espaços precisam das identificações. 

Embora seja associada principalmente a edifícios, a placa de saída de emergência também é usada em ônibus e trens, orientando os passageiros sobre pontos de escape em casos de acidentes ou mau funcionamento das portas.   

Normas e orientações sobre a placa saída de emergência

Os administradores dos espaços em que a placa de saída de emergência é instalada devem seguir algumas normas para garantir a eficiência da sinalização. 

No Brasil, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é a principal responsável por regular as características e aplicações dos modelos. 

Por exemplo, a norma ABNT NBR 13434-1:2017 estabelece os formatos, dimensões, cores e símbolos das placas, enquanto a ABNT NBR 9050:2020 trata de critérios e características técnicas para garantir acessibilidade a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Sobre as orientações para o uso, as placas colocadas sobre portas necessitam estar, no máximo, 10 cm acima do produto. Se isso não for possível, a sinalização é fixada diretamente neles. 

Para portas corta-fogo, as palavras e figuras da placa precisam ser facilmente visualizadas a uma distância mínima de 2 metros.  

Existem ainda regras específicas do Corpo de Bombeiros de cada estado que determinam os símbolos contidos nas sinalizações e instruções sobre a instalação das placas, assim como o uso de um bloco autônomo de emergência, por exemplo. 

Por esse motivo, é bom consultar especialistas no segmento antes de adquirir e instalar uma placa de emergência. 

Outros tipos de placas de sinalização de emergência

As placas de emergência ou placa de sinalização saida de emergencia são classificadas conforme suas funções. As que indicam rotas de fuga pertencem ao grupo de sinalizações de “orientação e salvamento”.

Também existem placas de: 

  • Proibição: Esta sinalização visa impedir atitudes que poderiam provocar incêndios, explosões ou outras situações de risco, como fumar próximo a espaços de armazenamento ou passagem de gás;
  • As placas de proibição se caracterizam por possuir uma tarja vermelha na diagonal sobre um símbolo que identifica a ação que não deve ser realizada;
  • Alerta: As placas com essa função identificam riscos específicos do ambiente, como a presença de materiais inflamáveis ou contagiosos;
  • O modelo costuma apresentar formato triangular com fundo amarelo, bem como “moldura” e símbolos em preto;
  • Equipamentos: Sinalizações que indicam os locais onde estão disponíveis equipamentos como mangueiras e extintores;
  • O item precisa estar posicionado a 1,8 metro do piso e possuir figuras fotoluminescentes, que possam ser vistas em meio à fumaça ou em ambientes com baixa luminosidade. 

Além desses modelos, as placas de sinalização de emergência podem ser do tipo complementares, que servem para reforçar orientações. 

Precisa adquirir placa de saída de emergência com o melhor custo-benefício? Solicite um orçamento no Soluções Industriais hoje mesmo!

Mas caso deseje mais informações sobre o tema, leia o conteúdo que disponibilizamos para você no final da página!

Ver maisVer menos

Placa saída de emergência

A placa saída de emergência pode ser encontrada em edifícios residenciais, empresas, indústrias, centros comerciais, hospitais, escolas, estádios e até meios de transporte de grande porte.

A sinalização é normalmente usada em conjunto com outros dispositivos de segurança, como a luminária de emergência, e serve para orientar as pessoas em situações de alto risco, como incêndios.

O Soluções Industriais reúne os melhores fornecedores de placas de emergência para você encontrar de forma gratuita, rápida e segura o que procura. Solicite um orçamento e aproveite todas as vantagens da plataforma!

Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação