Buscas relacionadas:

Respirador Facial

O respirador facial é um Equipamento de Proteção Individual (EPI) essencial para garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores em ambientes com riscos de contaminação. Com diferentes modelos e especificações, ele oferece a solução ideal para os mais variados segmentos. Conheça melhor suas vantagens e características conferindo os tópicos abaixo!

  • Qual a função do respirador facial?
  • Quando se deve utilizar o respirador facial?
  • Tipos de respiradores faciais
  • Características do respirador facial
  • Cuidados com o respirador facial

RESPIRADOR FACIAL

Qual a função do respirador facial?

O respirador facial é um Equipamento de Proteção Individual (EPI) projetado para impedir a inalação de partículas suspensas no ar, gases e aerossóis prejudiciais à saúde.

Esse EPI funciona como um filtro, impedindo que substâncias nocivas entrem no sistema respiratório. 

Não por acaso, o uso de respiradores é obrigatório em atividades profissionais que apresentam riscos físicos, químicos e biológicos relacionados à respiração. 

Caso o empregador não forneça o material, estará sujeito ao pagamento de multas ou à interdição da organização que administra. 

Quando se deve utilizar o respirador facial?

Além de qualquer atividade profissional que apresente riscos ligados ao sistema respiratório, o respirador facial é útil em outras situações. 

Para exemplificar, o uso do equipamento é uma das medidas de segurança adotadas para salvar vidas em casos de incêndio ou vazamentos de produtos químicos. 

Durante essas situações, a qualidade do ar cai drasticamente, independentemente do local em que aconteçam. 

O respirador facial também é muito útil em áreas de controle e combate a doenças infecciosas, seja em centros médicos ou ao ar livre, 

Além disso, também há locais em que a quantidade de oxigênio é naturalmente reduzida, como o topo de montanhas. 

Um bom respirador facial compensa a falta parcial de ar, e oferece o recurso sem que o usuário faça um esforço excessivo. 

Vale ressaltar que, a depender do ambiente, outros EPIs devem acompanhar os respiradores faciais.

É o caso da luva de pu, abafador de ruído, capacete com protetor facial, bota de pvc, calça de pvc e capa de chuva pvc ou capa de chuva convencional. 

Tipos de respiradores faciais

Os principais tipos de respirador facial disponíveis no mercado estão explicados em detalhes na listagem a seguir: 

  • Respirador facial inteiro: Também conhecido como “respirador facial completo”, cobre todo o rosto do usuário e vem equipado com óculos de proteção e filtro de ar; 
  • Respirador semi facial: Resguarda a boca e o nariz. Por isso costuma ser usado com óculos especiais e capacete pelos trabalhadores; 

Além dos modelos mencionados, existem também os respiradores descartáveis, classificados como “sem manutenção”. 

Nessa importante classificação, se destacam os respiradores “tipo concha”, PFF1, PFF2 e PFF3. 

O primeiro é indicado para proteger contra névoas e neblinas artificiais geradas nos ambientes agressivos.

Já o PFF1 também consegue resguardar os usuários expostos ao excesso de poeira, algo muito comum em canteiros de obras. 

Por sua vez, o PFF2 é uma excelente solução para trabalhadores que lidam com agentes biológicos infecciosos. 

Para concluir, o PFF3 é o respirador facial descartável mais potente, projetado para evitar a inalação de partículas extremamente tóxicas. 

Características do respirador facial

Cada modelo de respirador facial apresenta características específicas em termos de filtragem e vedação. 

De maneira geral, os respiradores devem se adequar perfeitamente ao rosto de seu usuário, desde que o tamanho certo seja utilizado. 

Sempre que houver uma folga ou aperto excessivo, é necessário ajustar ou substituir o respirador. 

Em casos de ajustes, é importante saber que os respiradores possuem tiras ou elásticos que facilitam essas ações. 

Alguns modelos contam ainda com uma válvula de exalação, responsável por jogar o ar interno para fora do respirador e evitar que o calor e a umidade incomodem o usuário. 

Por fim, todo respirador facial fornecido por fabricantes responsáveis é leve, confortável e resistente. 

Inclusive, os respiradores devem receber um certificado de aprovação antes de chegarem ao mercado. 

Nesse documento, consta a data de validade do item e outras informações relevantes para os compradores. 

Ficou interessado no respirador facial? Solicite seu orçamento no Soluções Industriais, a maior plataforma B2B da América Latina! 


Ver maisVer menos

Respirador Facial

Cuidados com o respirador facial

Alguns cuidados são indispensáveis para manter o respirador facial em ótimo estado mesmo nas situações mais desafiadoras. 

Primeiramente, é necessário higienizar o item regularmente utilizando água, sabão neutro e produtos especificados pelo fabricante. 

A troca dos filtros no prazo correto também é importante para preservar a eficácia do respirador ao longo do tempo. 

Ainda se recomenda realizar inspeções periódicas no equipamento, e substituí-lo imediatamente se danos como rasgos e perfurações forem notados.

Mesmo uma pequena imperfeição pode comprometer a capacidade protetora do respirador facial

O descarte do item danificado precisa ser feito de acordo com as legislações municipal, estadual ou federal aplicáveis. 

Toda organização ou trabalhador também deve armazenar os respiradores em locais limpos, secos e livres da exposição a fontes de calor e produtos químicos. 

Quer ser atendido por quem mais entende de respirador facial? Faça uma cotação no Soluções Industriais!

Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação