Buscas relacionadas:

Separador Magnético

O separador magnético é utilizado para remover materiais ferromagnéticos de diferentes matérias-primas e sedimentos. O funcionamento básico do equipamento envolve a criação de um campo magnético forte, que atrai e retém os materiais metálicos sem impactar o fluxo de partículas “normais”. Quer entender melhor sobre o dispositivo? Confira os tópicos abaixo! 

  • Separador magnético: o que é e para que serve?
  • Aplicações do separador magnético
  • Vantagens do separador magnético
  • Tipos de separadores magnéticos
  • Especificações técnicas do separador magnético

Separador magnético: o que é e para que serve? 

O separador magnético industrial é um dispositivo utilizado para remover partículas ferrosas e outros agentes contaminantes de matérias-primas líquidas. 

Ele é normalmente introduzido em uma correia transportadora de materiais, e pode atuar em conjunto com barras, placas, bastões, cilindros e tambores. 

O funcionamento desses separadores depende principalmente de um potente rolo, flanges, anéis de aço e, claro, ímãs. 

Quando o conteúdo a ser limpo é introduzido na correia transportadora, chega rapidamente ao separador magnético. Então, o rolo atrai as partículas que devem ser eliminadas com uma grande força magnética.

Posteriormente, essas partículas são direcionadas a uma caixa de resíduos, enquanto o fluido limpo cai diretamente em um reservatório separado.  

O papel dos flanges é acoplar os ímãs, que, por sua vez, são intercalados com os anéis de aço. Essa combinação é essencial para que o rolo consiga atrair os detritos ferrosos presentes no líquido.

Vale destacar que o separador magnético para correia transportadora não é o único dispositivo utilizado para remover impurezas de materiais em áreas industriais e de mineração. 

Outro exemplo popular é a peneira estática, que utiliza malhas ou telas para permitir a passagem de partículas de tamanho desejado, enquanto retém aquelas que são maiores.

Aplicações do separador magnético

O separador magnético é frequentemente usado em fábricas de alimentos e plásticos, centros de reciclagem e áreas de mineração.

No segmento alimentício, é comum que o separador magnético industrial seja aplicado em linhas de produção de açúcar, cereais e bebidas. 

Já em centros de reciclagem, o equipamento ajuda a remover partículas que atrapalham o devido reaproveitamento de materiais como papel, plástico, vidro e metal.

Por fim, os mineradores conseguem obter minérios mais puros e valiosos ao ganharem um aliado na eliminação de minerais ferrosos em elementos brutos.  

Vantagens do separador magnético

O separador magnético industrial contribui diretamente para a pureza e qualidade de produtos em setores como mineração, processamento de alimentos, reciclagem e muitos outros. Além disso, o equipamento destaca-se pelas seguintes vantagens: 

  • Alta produtividade: o equipamento é projetado para trabalhar com grandes quantidades de materiais em um curto espaço de tempo, sem demandar paradas longas e constantes; 
  • Baixo consumo de energia: mesmo quando submetido a linhas de produção de alto desempenho, o separador tipo magnético não requer um consumo de eletricidade que impacte negativamente as finanças das indústrias;
  • Melhoria da qualidade do produto final: ao remover impurezas ferrosas, os separadores magnéticos contribuem para a produção de produtos finais de melhor qualidade;
  • Proteção de maquinários: A utilização do equipamento ajuda a proteger equipamentos como trituradores, moinhos e correias transportadoras, pois previne danos causados por partículas metálicas que poderiam danificar ou desgastar os componentes; 
  • Necessidade reduzida de manutenção: se bem conservados, os separadores não precisarão de manutenções preventivas e reparos frequentes. 

Ainda é interessante saber que os separadores magnéticos contribuem com o descarte adequado de agentes contaminantes. 

Graças à caixa de resíduos, o separador magnético industrial facilita a coleta dos detritos, e assim evita que partículas prejudiciais ao meio ambiente tenham uma destinação incorreta.

Tipos de separadores magnéticos

Um separador magnético industrial pode ser classificado de várias maneiras, como de acordo com seus ímãs, que podem ser naturais ou artificiais. 

Além disso, o equipamento é definido por métodos de separação magnética, como: 

Separadores magnéticos de baixa intensidade a seco

Estes separadores operam sem a necessidade de água, o que os torna ideais para situações em que o processo a seco é preferível. 

Eles são muito utilizados em separações de sucatas e impurezas de matérias-primas, especialmente quando os resíduos têm alto magnetismo. 

Separador magnético de baixa intensidade a úmido:

Ao contrário do modelo a seco, este separador opera em meio úmido, ou seja, usa água para otimizar a separação magnética. 

A presença de água facilita a movimentação das partículas e melhora a eficiência do processo. Por esse motivo, ele é muito utilizado na recuperação de magnetita e ferrosilício e no tratamento de águas contaminadas.

Separadores magnéticos de alta gradiente

Este tipo de separador é projetado para a separação de partículas muito finas que não podem ser eficientemente separadas por outros métodos. 

Para isso, eles possuem gradientes magnéticos, compostos por ímãs permanentes de alta intensidade, que movimentam partículas que variam de 0,1 a 1 mm. 

Também é muito comum encontrar opções como os separadores tipo carrossel e os separadores slon. 

Especificações técnicas do separador magnético

Cada modelo de separador magnético industrial apresenta especificações próprias, embora algumas características sejam comuns nos tipos mais encontrados no mercado. 

Normalmente, a estrutura do equipamento é formada por aço inox e carbono. Isso não é um mero capricho, já que a resistência desses materiais garante que o separador seja capaz de suportar condições adversas de operação. 

Para exemplificar, um separador magnético de qualidade pode funcionar em ambientes com até 80°C de temperatura média. 

Ainda é importante saber que o sistema de limpeza nos separadores pode ser manual ou automático. 

Mesmo nos modelos com higienização manual, o processo não costuma trazer grandes obstáculos. 

No momento de escolher um separador, é recomendável se atentar ao modo de limpá-lo e a outros critérios relevantes, como a força magnética e a camada de operação máxima. 

Também é válido considerar a natureza do material a ser separado, o tamanho das partículas e a concentração ferromagnética. 

Esses fatores ajudam a identificar se o separador é adequado às atividades realizadas pela indústria. 

Tem dúvidas sobre qual separador escolher ou quer encontrar excelentes fornecedores do equipamento? Solicite agora mesmo um orçamento no Soluções Industriais e entre em contato com nossos parceiros especializados! 

E caso deseje mais informações sobre o dispositivo, leia o conteúdo que disponibilizamos para você no final da página!


Ver maisVer menos

Separador Magnético

O separador magnético tem a função de remover agentes contaminantes de líquidos usados como matéria-prima nas linhas de produção.

A título de curiosidade, existem outros equipamentos além do separador magnético industrial que atuam na higienização de substâncias, como a peneira estática.

Ficou interessado no assunto? Faça uma cotação no Soluções Industriais e seja atendido pelos melhores especialistas do mercado!

Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação