Trocador de calor casco e tubo

O trocador de calor serpentina é capaz de realizar uma troca térmica eficaz e segura entre duas substâncias com temperaturas distintas. Para isso, o equipamento é fabricado com materiais que otimizam a transferência de calor, como o cobre e o aço inoxidável, e conta com condutores e resistências. Saiba mais detalhes sobre o aparelho nos tópicos abaixo!

  • Para que serve o trocador de calor serpentina?
  • Benefícios do trocador de calor serpentina
  • Cuidados com um trocador de calor serpentina

Para que serve o trocador de calor serpentina?

As variações de temperatura são bastante comuns em processos produtivos realizados nos mais diversos segmentos, como o alimentício e o metalúrgico.

Essas mudanças nas condições térmicas de um fluido são complicadas e precisam ser controladas, a fim de evitar contaminações ou erros operacionais. 

Felizmente, hoje as indústrias contam com o trocador de calor serpentina, que consegue realizar o procedimento de forma precisa, segura e prática, já que impede a proximidade dos trabalhadores com substâncias extremamente quentes ou frias. 

Resumidamente, o trocador de calor em serpentina é um equipamento utilizado em sistemas industriais de aquecimento, resfriamento e condensação de fluidos.

O aparelho ainda é um importante componente para controlar temperaturas de matérias-primas em tanques de óleo combustível, vasos circulares com agitadores, armazenadores de soluções salinas, entre outros reservatórios.  

Além de minimizar as chances de queimaduras e contaminações, um trocador de calor tipo serpentina agiliza o procedimento necessário para que os fluidos trabalhados atinjam a temperatura ideal. 

Como funciona o trocador de calor em serpentina? 

Basicamente, dois líquidos com temperaturas distintas são inseridos por caminhos separados no trocador de serpentina. 

O líquido a ser condensado, refrigerado ou aquecido circula pela serpentina, enquanto um fluido com temperatura oposta fica armazenado em um tubo protegido. 

A troca de calor entre ambos os líquidos acontece até que a substância alvo da ação chegue ao estado desejado. 

Para que isso seja possível, o trocador de calor serpentina depende de três materiais presentes em sua estrutura: um tubo em forma de serpente (que dá nome ao equipamento), condutores de calor e uma resistência.  

Também vale destacar os materiais utilizados na fabricação do trocador de calor em serpentina, normalmente o cobre ou o aço inoxidável.

Ambos são extremamente eficazes na condução e retenção de calor, além de suportarem condições de trabalho adversas sem sofrerem deformações, rachaduras e outros danos.

Benefícios do trocador de calor serpentina

A transferência térmica realizada por um trocador de calor serpentina assegura diversas vantagens operacionais e econômicas. Entre as principais estão:

  • Eficiência: Devido ao seu formato, o trocador de serpentina possui uma área expandida para a transferência térmica entre os líquidos, algo que permite um aquecimento, resfriamento e condensação rápido e preciso, sem a necessidade de repetir o procedimento; 
  • Redução de custos: A eficiência de um trocador de calor em serpentina resulta em economia de energia, pois o tempo reduzido que o equipamento leva para cumprir sua função evita que seus componentes precisem ficar ativos por longos períodos;
  • Versatilidade: O trocador serpentina pode ser utilizado com diferentes tipos de fluidos, como água, óleo e produtos químicos, adaptando-se facilmente a cada aplicação;
  • Manutenção simplificada: Algumas etapas básicas são o suficiente para higienizar, fazer manutenções preventivas e reparar o trocador sempre que necessário.   

Todas essas vantagens ficam ainda mais evidentes quando o trocador de calor serpentina é adquirido em fornecedores de confiança, como os parceiros do Soluções Industriais. 

Isso porque a fabricação de um trocador de calor deve seguir rigorosos padrões de qualidade e segurança para que o equipamento apresente sempre os melhores resultados.

Cuidados com um trocador de calor serpentina

Assim como qualquer equipamento, um trocador de calor serpentina também requer cuidados para manter seu funcionamento adequado. 

As medidas a serem tomadas referem-se à manutenção e limpeza de sua estrutura, principalmente dos tubos que transportam os líquidos até os tanques de armazenamento.

A manutenção preventiva consiste em inspecionar visualmente o trocador de calor em serpentina, a fim de identificar eventuais vazamentos que comprometam os resultados finais de suas operações, assim como a própria integridade da máquina. 

Caso alguma imperfeição seja notada, é recomendável solicitar o reparo a um profissional especializado antes de utilizar novamente o equipamento. 

Já a limpeza tem o intuito de remover o excesso de incrustações presas nos tubos, especialmente quando se insere líquidos mais espessos no trocador serpentina. 

Se isso não for feito periodicamente, a sujeira passa a atuar como um isolante térmico, dificultando a operação do trocador. 

Transforme seu sistema de aquecimento ou refrigeração com os trocadores de calor de serpentina dos parceiros do Soluções Industriais. Solicite agora mesmo um orçamento! 

Você também pode conferir mais detalhes sobre o equipamento no conteúdo disponibilizado no final desta página! 


Ver maisVer menos

Trocador de calor casco e tubo

O trocador de calor serpentina está presente em diversas atividades industriais, pois permite uma troca térmica eficaz entre dois fluidos com temperaturas distintas. 

Esse tipo de trocador de calor é muito utilizado em sistemas de refrigeração, aquecimento e condensação por ser capaz de trabalhar com diferentes substâncias, como água, óleo e produtos químicos. 

Otimize seus processos fabris ou comerciais com os trocadores de calor comercializados pelos parceiros do Soluções Industriais. Solicite já o seu orçamento! 

Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação