Buscas relacionadas:

caixas acústicas

As caixas acústicas são capazes de transformar sinais elétricos em ondas sonoras, que são audíveis ao ouvido humano. O aparelho pode ser encontrado em diversos modelos, a fim de adequar-se a instalações em pequenos, médios e grandes espaços. Quer saber mais detalhes relevantes? Então, confira os tópicos abaixo e tire suas principais dúvidas.  

  • O que são caixas acústicas e como funcionam?
  • Principais características das caixas acústicas
  • Tipos de caixas acústicas
  • Como escolher caixas acústicas ideais para sua necessidade
Caixa acústica Caixa de som acústica

O que são caixas acústicas e como funcionam?

A caixa de som acústica é construída de modo estratégico, com o intuito de realçar o áudio e, consequentemente, reproduzi-lo com maior precisão e qualidade. 

Para isso, as caixas acústicas são compostas por vários outros acessórios e dispositivos, como alto-falantes e amplificadores. 

Com relação ao funcionamento, é ideal saber que o processo começa muito antes da transmissão da faixa na caixa. 

Inicialmente, uma fonte de áudio envia o sinal para o aparelho, que poderá recebê-lo por meio de uma conexão a cabo ou sem fio, como por Bluetooth. 

Assim que chega às caixa de som acústica, esse sinal é amplificado e, logo em seguida, enviado para os alto-falantes, que consiste em um diafragma ou cone montado em uma estrutura eletromagnética. 

Os sinais elétricos serão convertidos no campo magnético variável, que irá gerar vibrações mecânicas e transmiti-las para o ar, criando as ondas sonoras audíveis. 

É válido citar que a caixa de som acústica poderá contar com dispositivos de apoio, como a caixa de ressonância, que irá ajudar a fornecer uma resposta de frequência adequada. 

Para concluir, as caixas acústicas podem operar em vários sistemas de som ambiente, como em residências, cinemas, empresas, lojas, bares, restaurantes, casas de shows, entre outros.

Principais características das caixas acústicas

Para entender melhor sobre as características das caixas acústicas, o primeiro passo é dividir o assunto em dois subtópicos: design e especificações técnicas. 

Design 

Uma caixa de som acústica pode ser encontrada no mercado em diferentes designs, que variam principalmente de tamanho, formato e material de fabricação. 

Por exemplo, existem caixas acústicas pequenas, médias e grandes, bem como nos formatos de sobrepor ou de embutir. 

Já com relação à matéria-prima, o aparelho pode ser de plástico, madeira ou MDF, que destacam-se por sua alta resistência. 

É fundamental citar que a boa procedência dos materiais utilizados na construção da caixa de som acústica pode afetar diretamente na qualidade do som produzido. 

Além disso, ela tem influência direta com a longa durabilidade do aparelho, o que faz com que o cliente deva ficar atento para decidir um modelo compatível com a instalação pretendida.  

Especificações técnicas

Por se tratar de algo visual, entender o design das caixas acústicas é extremamente fácil, algo que não acontece quando se trata das especificações técnicas. 

Isso porque esse tópico está relacionado com diferentes parâmetros de funcionamento da caixa de som acústica, que pode incluir: 

  • Resposta de frequência: refere-se a faixa de frequência de som que a caixa acústica pode reproduzir;
    • Ela varia normalmente de 20 Hz a 20 kHz, que é audível pelo ouvido humano; 
  • Sensibilidade: é a quantidade de pressão sonora que a caixa acústica pode produzir com um determinado nível de entrada de energia;
    • Essa medida é apresentada em decibéis (dB) e indica a eficiência do equipamento; 
  • Potência e impedância: é a resistência elétrica que as caixas acústicas apresentam à corrente que flui através dela;
    • A medição é desenvolvida em ohms e deve ser compatível com os índices do amplificador; 
  • Potência nominal e máxima: a primeira está relacionada com a quantidade de energia que a caixa de som acústica pode suportar continuamente e a segunda com os mesmo dados, mas em um curto período de tempo. 

Além de todos esses fatores, as caixas acústicas podem apresentar diferentes tipos de alto-falantes. Entre os principais: 

  • Subwoofer: Ideal para frequências muito baixas, como sub-graves;
  • Woofer: Ideal para frequências baixas, como graves; 
  • Mid-rang: Ideal para frequências médias;
  • Tweeter: Ideal para frequências altas, como agudos.

É importante ficar muito atento a essas características, a fim de escolher a caixa de som acústica compatível com o sistema. 

Tipos de caixas acústicas

Existem vários tipos de caixas acústicas, que podem ir desde um simples modelo residencial até uma otimizada caixa acústica profissional.

A seguir, serão destacados alguns dos principais modelos do equipamento: 

Caixas ativas e passivas 

As caixas acústicas ativas e passivas são os modelos mais convencionais do mercado, diferenciando-se pela maneira que são projetadas. 

Isso porque a primeira é um tipo de caixa acústica amplificada, ou seja, que possui um equipamento de amplificação embutido. 

Enquanto isso, a segunda refere-se ao aparelho que usa um amplificador externo, conectado a partir de cabos compatíveis com o sistema. 

Closed box (caixa fechada)

Também chamada de caixa hermética, o modelo não permite que o ar escape da caixa quando o alto-falante está reverberando o som. 

Esse processo ocasionará um aumento da pressão dentro do equipamento, retendo a energia sonora gerada. 

É importante citar que esse tipo de caixa de som acústica precisa ser composta por materiais de amortecimento, que ajudarão a absorver as ondas estacionárias. 

Baffle infinito

As caixas acústicas tipo baffle infinito, também chamadas de defletores, são capazes de realizar o desvio das ondas sonoras geradas na parte de trás dos alto-falantes. 

Devendo ser selada para impedir que o som saia da estrutura, o modelo também conta com o revestimento de um material de absorção. 

Band pass

Popularmente chamada de caixas passa-banda, a versão possui dois ou mais compartimentos independentes e é utilizada para reproduzir sons graves e subgraves.

Esse modelo conta com alto-falantes do tipo subwoofer localizados dentro de um gabinete com a parte da frente ventilada (aberta) e a parte traseira selada.

Bass-reflex

As caixas acústicas bass-reflex são projetadas com portas ou dutos, que servem para canalizar as baixas frequências produzidas na parte de trás dos alto-falantes. 

Isso faz com que o desempenho dos sons graves seja muito melhor, o que assegura uma otimização da qualidade do áudio reproduzido. 

Cornetas 

A caixa de som acústica é um modelo de caixa grande, que é capaz de reproduzir agudos, médios e graves de maneira mais nítida. 

Isso é possível graças ao fato do equipamento converter em energia acústica 50% do sinal entregue, bem como direcionar melhor o som emitido. 

Outros tipos de caixas acústicas

Além dos modelos já destacados, as caixas acústicas podem ser encontradas em várias outras opções. Entre elas: 

  • Caixas acústicas tipo sonofletores: são projetadas para reproduzir um som direcional em um espaço aberto, reduzindo a distorção; 
  • Caixas acústicas tipo tower: são aparelhos maiores, que normalmente são colocados no chão e possuem vários alto-falantes integrados;
  • Caixas acústicas tipo bookshelf: são caixas compactas com um ou dois alto-falantes, geralmente projetadas para serem colocadas em prateleiras ou estantes;
  • Caixas acústicas tipo satellite: são equipamentos de pequenas dimensões, que podem caber na palma da mão, destinados para pequenos ambientes; 
  • Caixas in-wall ou in-ceiling: são projetadas para serem dispostas na parede ou no teto, ocupando pouco espaço e deixando o chão livre. 

Esses são apenas alguns exemplos dos diferentes tipos de caixas acústicas disponíveis no mercado, devendo o cliente checar a opção que melhor se adequa às suas necessidades.

Como escolher caixas acústicas ideais

Para realizar a escolha de caixas acústicas ideais para uma determinada aplicação, o primeiro passo é identificar o tipo de sistema que será montado, que pode ser: 

  • Sistema mono: modelo composto por apenas um canal de áudio, que faz com que todos os aparelhos transmitam o mesmo som, ou seja, sem distinção dos sinais; 
  • Sistema estéreo: versão que utiliza dois canais de som, sendo uma caixa de som acústica na direita e outra na esquerda, para separar os sinais; 
  • Sistema surround: instalação que utiliza três ou mais caixas acústicas, a fim de criar um ambiente sonoro mais imersivo. 

Além disso, o cliente deverá ficar atento ao local de instalação do equipamento, visto que modelos residenciais têm capacidades menores do que os profissionais. 

É importante lembrar que utilizações externas da caixa de som acústica requerem a escolha de equipamentos compatíveis.

Eles deverão apresentar elevada resistência contra variações climáticas, como sol, chuva, ventanias, entre outros. 

No momento de fechar negócio, também é necessário focar no tamanho do espaço que as caixas acústicas deverão cobrir com a reprodução, bem como na quantidade de aparelhos necessários. 

Não só isso, é fundamental que a caixa de som acústica seja compatível com outros dispositivos utilizados no sistema de reprodução, como o amplificador e o receptor de som

A aparência estrutural do modelo deverá ser levada em consideração em alguns casos, principalmente quando a instalação será feita em salões de festas ou outros lugares que requerem um elevado padrão estético. 

Por último, o aparelho pode ser encontrado em vários modelos, devendo o cliente ficar atento com especificações técnicas como: sensibilidade, impedância, potência nominal e máxima, resposta de frequência e tipo de alto-falante.

Quer saber mais informações sobre as caixas acústicas e onde comprar os melhores equipamentos por um preço justo? Entre em contato com um dos parceiros do Soluções Industriais e aproveite! 

Mas caso queira ter mais informações sobre os aparelhos, leia o conteúdo que disponibilizamos para você no final da página!

Ver maisVer menos

caixas acústicas

As caixas acústicas são aparelhos equipados com diferentes tipos de alto-falantes, que atuam na conversão de sinais elétricos em ondas sonoras audíveis. 

Por conta das suas funções, os equipamentos costumam atuar em muitas instalações de sistema de som ambiente, inclusive em áreas residenciais, comerciais, de entretenimento e industriais. 

Agora que você já sabe mais informações sobre as caixas e o sistema de som, entre em contato com um dos parceiros do Soluções Industriais e solicite o seu projeto com os melhores profissionais do segmento!

Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação